FANDOM


Tarot Rings King

Benedict Lightwood, uma vítima notória da doença.

Varíola demoníaca também conhecida como astriola, é uma doença rara, mas debilitante que afeta Caçadores de Sombras e é causada pelo contato sexual com demônios.

Informações

Os primeiros sinais de catapora são erupções em forma de escudo nas costas do doente, que se espalham pelo corpo, criando fissuras na pele. A partir deste ponto, o Caçador de Sombras afetado se deteriorará fisicamente, experimentando febre, calafrios, náusea, feridas esfoliantes, feridas sem exsudação, bolhas, uma cobertura de preto sobre os olhos, ejeção do cabelo, descoloração da pele, inchaço e outros sinais similares de sofrimento . A varíola demoníaca então se agravaria e poderia levar à insanidade. Com o tempo, as feridas e fissuras cobrem a pele da vítima completamente, e formam uma crisálida escura dentro da qual a vítima se transforma, dolorosamente e ao longo de várias semanas, em um demônio. Uma vez que o demônio emerge da crisálida, a pessoa previamente existente é, na verdade, morta, e o único fim para o tormento é matar o demônio.[1]

Em épocas anteriores, a astriola era invariavelmente letal, e pouco podia ser feito para o doente, senão deixá-lo confortável e afastá-lo de inocentes que poderiam ser prejudicados quando sua completa alteração demoníaca ocorresse. O progresso da doença poderia ser retardado, mas não interrompido, e em muitos casos a vítima escolheria não ser tratada, já que em geral o tratamento só prolongaria sua agonia. Hoje, existem curas confiáveis que podem eliminar a varíola em seus estágios iniciais, e a doença agora causa poucas mortes. Pode, no entanto, ainda ser incurável se o doente atingir um certo estágio de demonização antes de ser tratado. Além disso, um estigma bastante sério ainda está associado à doença, e sua presença é considerada evidência suficiente para a violação da Lei contra convivência com demônios. Assim, aqueles que são tratados por varíola demoníaca hoje muitas vezes recebem esse tratamento enquanto estão nas prisões da Cidade do Silêncio.[1]

Mundanos são imunes à doença, como se supõe que a varíola demoníaca seja causada pela interação de venenos demoníacos com a natureza angélica dos Caçadores de Sombras.

Vítimas conhecidas

  • Benedict Lightwood - A condição de Benedict foi grave o suficiente para que ele precisasse da medicação que lhe foi fornecida por Axel Mortmain. Isso eventualmente falhou e ele acabou se transformando em um gigantesco verme.
  • Barbara Pangborn - contraiu a varíola de seu marido, Benedict; ela cometeu suicídio por vergonha de ter contraído a doença de seu marido.

Músicas

Will Herondale mostrou ter tido um imenso interesse em varíola demoníaca e sempre foi apaixonado sobre provar a sua existência. Quando foi provado ser uma doença real, Will ficou em êxtase e fez uma música sobre isso.[2] Mais tarde, ele ensinou a música para seus filhos e netos.

"Varíola demoníaca, oh, varíola demoníaca,
Como é que se contrai?
Indo à zona podre da cidade
Até não poder mais.
Varíola demoníaca, oh, varíola demoníaca,
Eu tive o tempo todo...
Não a doença, amigo bobão,
Estou falando da canção...
Pois vocês estavam errados, e eu com a razão!"

Will também fez uma música para animar um Jem Carstairs doente.[3]

"A verdade é que não labuto mais em vão
Para provar que a varíola demoníaca não é mentira, não.
Apesar de ser uma pena, não é em vão
O verme com varíola foi ao chão:
Para acreditar em mim, todos devem condescender."

Curiosidades

  • A varíola demoníaca é baseada na sífilis.[4]
  • Nem todos os demônios dão varíola demoníaca; ou pelo menos, nem todo contato sexual com um demônio resultará em contrair a doença.[5]

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.