FANDOM


ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo a seguir. Aconselhamos atenção!
Sophie Collins
CJ Flowers, Sophie
Informação Biográfica
Nome
Completo
:

Sophia Lightwood (nascida Collins)
Sophia Ashdown [1]

Nascimento: 1858
Idade: 20 (em 1878)
79 (por volta de 1937)
Status: Viva (por volta de 1937)
Afiliação
Ocupação:

Empregada (anteriormente)

Residência:

Idris
Instituto de Londres (anteriormente)

Lealdade:

Enclave de Londres

Relacionamentos
Familiares
Conhecidos
:

Gideon Lightwood (esposo)
Barbara Lightwood (filha)
Eugenia Lightwood (filha)
Thomas Lightwood (filho)
Família Lightwood

Descrição Física
Gênero: Feminino
Cor do
Cabelo
:
Castanhos
Cor dos
Olhos
:
Avelã escuro
Características
Únicas
:

Cicatriz no rosto

Ser uma Caçadora de Sombras é tudo que eu sempre quis.

–Sophie para Gideon, Princesa Mecânica

Sophia "Sophie" Lightwood (nascida Collins) é uma antiga mundana que possuía a Visão e costumava ser uma criada no Instituto de Londres. Depois de anos os servindo, Sophie sofreu a Ascensão e se tornou uma Caçadora de Sombras. Ela é a esposa de Gideon Lightwood, com quem ela tem três filhos.

Biografia

Vida pregressa

Sophie nasceu em uma família pobre, e teve a Visão desde que era jovem. Ela foi atraída para lugares onde o Mundo das Sombras e o mundo mundano se misturavam, como carnavais, celebrações do solstício e Abadia de Westminster. Sophie parou de fazer isso quando precisava começar a trabalhar para ganhar a vida. [2]

Por causa de sua beleza, foi promovida a criada recepcionista por seu empregador. Em uma casa em St. Johns Wood, Londres, Teddy, filho de seu empregador, se interessou por ela e tentou seduzi-la em diversas ocasiões, e ela o desviou repetidamente. Em um ataque de raiva, Teddy cortou o rosto de Sophie com uma faca, querendo deixar uma cicatriz que iria desfigurar permanentemente seu rosto, dizendo a ela que se ele não pudesse tê-la, ele se asseguraria de que ninguém a quisesse novamente. Quando ela foi para a mãe de Teddy, Teddy afirmou que Sophie quem tentou seduzi-lo, e que ele tinha tomado a faca para lutar contra ela e proteger sua virtude. A família então a colocou na rua.

Sophie foi então encontrada por Charlotte Branwell, que Sophie viu, apesar do glamour de Charlotte. Charlotte então a levou para os Irmãos do Silêncio, e enquanto eles foram capazes de curar a infecção de sua ferida, era muito tarde para remover a cicatriz. Sophie então começou a trabalhar no Instituto de Londres como a empregada das senhoras, particularmente Jessamine Lovelace.

No Instituto, Sophie experimentou considerável liberdade e foi bem tratada, especialmente em comparação com seu emprego passado. Ela se tornou boa amiga dos outros criados do Instituto, Agatha e Thomas, que desenvolveu sentimentos por ela. Os outros residentes do Instituto também foram muito gentis com ela, exceto Jessamine e Will, ambos rudes com a maioria das pessoas, exceto com o terceiro habitante do Instituto, Jem Carstairs, a quem Sophie passou a amar. Sophie também se tornou particularmente apegada, e grata, a Charlotte, que sempre a tratava com bondade.

Com o tempo, Sophie tornou-se confortável, até certo ponto, com os residentes do Instituto. Ela agiu como o "anjo" de Charlotte, que a ajudou quando ela começou a se tornar demasiadamente brusca. Sabendo que Will também seria mau com ela, uma das condição de Sophie para continuar com o emprego incluía a permissão de falar com ele da maneira que ela gostasse, e ela o fez com a maior brevidade e franqueza que achou conveniente. Foi-lhe permitido falar livremente e foi geralmente tratada melhor do que os empregados típicos do instituto.

Os Grays

Quando a possível submundana Tessa Gray foi trazida para o Instituto, Sophie cuidou dela e rapidamente as duas se tornaram boas amigas. Seu carinho e proteção para Charlotte imediatamente se tornaram evidentes para Tessa, e vice-versa. Sophie ajudou Tessa com certas tarefas, muito para o desconforto da outra menina, não acostumada a ser mimada. No entanto, Sophie continuou a servi-la, ajudando-a inclusive a se adaptar e familiarizar-se com o Instituto e seus moradores; Particularmente, ela a alertou sobre Will.

Depois de um incidente entre os Caçadores de Sombras do Enclave local e os vampiros do clã de Alexei de Quincey, Sophie deveria ajudar Will a limpar seu corpo de sangue de vampiro. Não querendo ouvir e beber a água benta que o curaria, Will chegou até mesmo a lançar em Sophie um balde de água, muito para sua frustração. Uma lívida Sophie partiu e tinha acabado de desistir quando encontrou Tessa, que se ofereceu para levar a água benta e conseguir que Will a bebesse para ela. Embora apreensiva por Tessa, ela deixou que ela o fizesse, já não querendo lidar com o próprio Will.

Suspeitando do que aconteceu na noite anterior, Sophie continuou a alertar Tessa sobre Will. Ela tentou dar seu conselho sobre o amor e, em vez disso, acabou falando indiretamente sobre seus sentimentos por Jem, que Tessa confundiu como sendo seus sentimentos por Thomas. Sophie, ainda inconsciente dos sentimentos de Thomas por ela, negou qualquer possibilidade de um romance brotando entre eles. Apesar disso, Tessa continuou a se perguntar sobre eles.

Quando Jem e Tessa retornaram ao Instituto uma noite com um par de autômatos logo atrás deles, Sophie cuidou de Tessa e preocupou-se muito com Jem, que adoeceu depois do ataque, embora se recusando a vê-lo por vergonha. Foi então que seus sentimentos por Jem se tornaram conhecidos por Tessa.

Depois que Jem e Will deixaram o Instituto para encontrar as Irmãs Sombrias, Sophie, Tessa e Agatha (a cozinheira) foram atacadas por um autômato mecânico, que enterrou uma faca em Agatha. Sophie gritou e correu para ela. Juntos, ela e Tessa levantaram Agatha para o outro lado da sala, e Sophie foi ouvida por Tessa gritando enquanto pelo menos uma dúzia de autômatos avançavam em direção a eles. Elas foram acompanhadas por Jessamine, Thomas e Nate. Tessa conseguiu tirar os dedos de Sophie de Agatha, e ela foi agarrada por Thomas. Jessamine foi atingida, e Thomas soltou Sophie, gritando com ela e Tessa para correr para o Santuário, o que elas fizeram. Elas perceberam que tinham esquecido a chave, que Sophie foi pegar. Ao voltar encontrou Nate inconsciente depois de ter sido atingido por Jessamine, e as três meninas entraram no Santuário. Sophie defendeu Tessa depois que Jessamine sugeriu que era tudo culpa de Tessa, e então ouviu que Thomas provavelmente estava morto. Ela começou a gritar com Jessamine por tê-lo deixado lá sozinho, quando Jessamine foi capaz de ficar e ajudar, chamando-a de "egoísta".

Jessamine abriu as portas do Santuário ao ouvir voz de Will, mas acabou encontrando Axel Mortmain. Sophie gritou e se agachou atrás de um pilar, e Mortmain a mandou sair. Ela resistiu corajosamente, e se recusou a sair sem Tessa. No entanto, Mortmain simplesmente ordenou que os autômatos matassem Sophie e Jessamine, e apesar dos esforços de Sophie para fugir entre os pilares, ela foi derrubada no chão, gritando. Ela conseguiu se separar, apenas para ser empurrada para trás. Tessa pediu a Mortmain para parar e deixá-los sozinhos, em que ele concordou e Sophie e Jessamine foram levadas embora. Elas foram encontradas por Jem, que havia retornado da mansão onde a Sra. Black estava escondida. Nate explicou seu plano a Jem, enquanto Sophie e Jessamine observavam e lutavam. Jem lutou contra os autômatos e conseguiu bater em Nate e deixá-lo de joelhos. Nate gritou para os autômatos para libertarem Sophie e Jessamine, o que eles fizeram, e se agarraram um ao outro. Charlotte e Henry Branwell retornaram, e lutaram contra os autômatos e Nate. [3]

Treinamento

Sophie foi vista pela primeira vez informando a Charlotte que o Irmão Enoch havia chegado ao Instituto. Depois do encontro, Sophie ouviu as vozes de Tessa e Jem. Ela os observava de um quarto separado, claramente apaixonada por Jem e com ciúmes de Tessa, pois Jem amava Tessa e não tinha sentimentos românticos por ela.

Por ordem do Cônsul Josiah Wayland, ela começou a ser treinada pelos irmãos Lightwood com Tessa. O mais velho dos dois, Gideon Lightwood, pessoalmente a ajudou com seu treinamento. Ela começou a se apaixonar por Gideon assim com seus sentimentos por Jem começaram a desaparecer, até mesmo se sentindo feliz quando ele e Tessa anunciaram seu noivado. Embora seus sentimentos por Gideon fossem obviamente recíprocos, ela estava bastante em conflito porque acreditava que seu relacionamento estava condenado devido ao seu status social muito diferente. Entretanto, concordou em encontrá-lo em Londres para um piquenique.

Mais tarde, Sophie trouxe o almoço de Gideon em seu quarto, ele perguntou por que ela o estava evitando. Antes que ele pudesse continuar a falar com ela, Henry irrompeu para dizer a Gideon que seu irmão, Gabriel estava aqui e pedindo para falar com ele. Gideon também pediu a Sophie para lhe trazer muitos scones nesta época, porque ela ainda era uma criada e, portanto, ele seria capaz de falar com ela e vê-la. Gideon mais tarde pediu que ela se casasse com ele e Sophie concordou. [4]

Ascensão

Poucos meses depois da batalha em Cadair Idris, Sophie finalmente Ascendeu e se tornou uma Caçadora de Sombras, [5] assumindo o nome de caçador de sombras inativo Ashdown [1]. Eventualmente, casou-se com Gideon e teve três filhos com ele, Barbara, Eugenia, e Thomas Lightwood.

Vida adulta

Gideon morreu em 1919, deixando Sophie viúva. [6] Décadas depois, em 1937, uma Sophie idosa, juntamente com suas duas filhas, estava presente no leito de morte de Will. [5]

Personalidade

Sophie é uma garota amável, muitas vezes tímida, que também pode ser franca às vezes. Ela tem um coração amável, e pode muitas vezes ver através da fachada de uma pessoa. Ela também é auto-consciente devido à sua cicatriz. Por causa de seu último empregador, ela muitas vezes se sente desconfortável na presença de homens.

Descrição física

Sophie é descrita como esbelta, com cabelos escuros e olhos que são "avelã escuro luminoso". Ela é muito bonita, mas a sua beleza está manchada pela grossa e prateada cicatriz que se estende pelo canto esquerdo da boca até a têmpora, puxando o rosto para o lado e distorcendo as feições. Ao encontrar-se com ela, as pessoas ficam chocadas com a cicatriz dela, algo que Sophie não gosta.

Relacionamentos

Interesses amorosos

Gideon & Sophie

Gideon dando um beijo em Sophie.

Gideon Lightwood é um Caçador de Sombras que foi introduzido primeiramente em Príncipe Mecânico. Ele é o mais velho das crianças Lightwood e passou os últimos meses estudando no Instituto de Madri antes que seu pai o chamasse de volta a Londres. Ele é forçado por seu pai a ajudar a treinar Tessa e Sophie. Durante as sessões de treinamento, ele treina principalmente Sophie enquanto Gabriel treina Tessa. Ele começa a desenvolver sentimentos por Sophie durante suas sessões de treinamento e eles começam a sair em segredo, Sophie se encontrando com ele em seus dias de folga. Seus sentimentos por Jem começam a desaparecer por causa de seu sentimento em desenvolvimento por Gideon e ela fica até mesmo feliz quando Tessa e Jem anunciam seu noivado. Gideon está apaixonado por ela, e até conta seus segredos de família e joga fora seu anel de família. No final de Príncipe Mecânico, ela parece confirmar que retribui seus sentimentos.

Sophie tem um tempo difícil perto de Gideon quando ele mora no Instituto, envergonhada de que ele a viu trabalhando como uma serva. Os dois tiveram uma discussão quando ela descobriu que ele estava pedindo que ela trouxesse scones para que ele pudesse vê-la, mas escondendo todos os scones debaixo da cama em vez de comê-los.

Eles discutiram quando Sophie encontrou Gideon e Gabriel procurando pelas cartas de Charlotte para enganar o cônsul. Ela lhes disse que era mais leal a Charlotte do que a eles, mas foi convencida a não dizer quando leu as cartas e começou a rir.

Sophie ficou atônita quando Gideon declarou sua intenção de se casar com ela, mas lembrou-lhe que ele não propôs a ela já que uma proposta é quando se pergunta se o outro quer. Ele então propôs e ela disse que sim.

Sophie Ascendeu para se tornar uma caçadora de sombras e se casou com Gideon. Os dois tiveram três filhos juntos e ambos faleceram no século XX.

Sophie era uma boa amiga de Thomas, um colega mundano e servo no Instituto. Thomas era sempre gentil com Sophie e tinha sentimentos por ela, o que era óbvio para todos, exceto Sophie, que assumiu que Thomas era meramente agradável e alegre e agradável para todos. Apesar de descobrir o fato por Tessa, Sophie nunca retornou seus sentimentos, embora ela permaneceu amiga de Thomas e estava visivelmente perturbada quando ele morreu defendendo ela e os outros. Sophie mais tarde deu à luz a um filho e o nomeou em homenagem a Thomas.

James "Jem" Carstairs é um caçador de sombras no Instituto de Londres, e um dos empregadores de Sophie. Ele é gentil com ela, como ele é com todos, mas não parece ter sentimentos românticos por ela. No entanto, Sophie está apaixonada por Jem, apesar de saber que ele não a ama de volta. Ela nunca diz a ninguém diretamente, mas seus sentimentos às vezes são óbvios, como ela chama-o pelo seu primeiro nome. É óbvio para Tessa que Sophie gosta de Jem, mas Sophie não lhe contaria, porque Jem gostava de Tessa.

Amigos

Charlotte, chefe do Instituto, é uma empregadora amável e uma boa amiga de Sophie desde que a resgatou das ruas de Londres. É descrita por Charlotte como seu "anjo bom", advertindo Charlotte quando ela é demasiado brusca. Sophie fala frequentemente muito bem de Charlotte.

Sophie e Will tiveram um relacionamento tenso durante seus primeiros anos de emprego no Instituto. Will trata a todos de maneira bruta e Sophie não estava isenta disso. Sophie estava entre as pessoas que nunca toleraram seu comportamento, e assim Sophie se viu desprezando Will, particularmente porque ele também a lembrava de seu último empregador, Teddy, que lhe deu a cicatriz, pensando que Will também era bonito, orgulhoso e cruel como Teddy.

Isso mudou quando Sophie descobriu sobre a suposta maldição de Will. Estava em sua natureza ser compreensiva, e ela sentiu pena dele. Desde então, os dois se consideraram amigos, ou, pelo menos, camaradas amigáveis.

Tessa e Sophie geralmente se dão bem. Tessa trata Sophie bem, até mesmo quando ela era uma criada, e assim Sophie achou difícil ressentir-se da menina amável que Jem amava e em vez disso os apoiava. As duas se tornaram amigas rápido e cada vez mais cuidaram uma da outra com carinho.

Aparições

Galeria

Curiosidades

  • Sophie tinha 19 anos no início da série e ela declarou que tinha quase 20 anos. Quando seu ano de nascimento foi revelado em uma árvore genealógica encontrada, foi confirmado que de fato teria completado 20 anos em 1878.
  • Segundo a árvore genealógica encontrada, Sophie morreu em 1939, aos 80 ou 81 anos.

Referências

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória