FANDOM


Rainha Seelie
CJ Flowers, SeelieQueen.jpg
Informação Biográfica
AKA:

Rainha das Fadas
A Dama da Corte Seelie

Afiliação
Espécie:

Fada

Título:

Rainha da Corte Seelie

Residência:

Reino das Fadas

Afiliação:

Clave (anteriormente)
Sebastian Morgenstern

Relacionamentos
Descrição Física
Gênero: Feminino
Cor do
Cabelo
:
Escarlate
Cor dos
Olhos
:
Azuis
você foi tola por confiar nela, irmãzinha. Ela gosta de estar no lado vencedor das coisas, a Rainha Seelie.

Sebastian Morgenstern sobre a Rainha, Cidade das Almas Perdidas

A Rainha da Corte das Fadas, também simplesmente referida como Rainha Seelie, é a rainha das Fadas da Corte Seelie.

Biografia

Lados

A Rainha, através de seu caveleiro pessoal Meliorn, requisita uma audiência com os Caçadores de Sombras do Instituto de Nova York para discutir sobre como impedir a guerra com Valentim Morgenstern. Meliorn utiliza de sua conexão com Isabelle Lightwood para passar a mensagem através dela. Depois de sua chegada, com o mundano Simon Lewis, a diz ao grupo que ela decidiria que lado ela tomaria.

Vendo que os aparentemente irmãos Jace e Clary estavam apaixonados, a Rainha manipula Clary a ingerir comida da Corte, assim amarrando ela a Corte ate que ela decidisse deixa-los ir. A Rainha disse a ela que ela a libertaria se ela beijasse “aquele que ela mais desejava”, sabendo que era Jace. [1]

Favor

Evidentemente, ela decide ficar do lado dos Nephilim quando as fadas tomaram parte da Guerra Mortal. Algum tempo depois, ela apareceu para Clary e lhe pediu um favor, um que ela ficaria devendo e retornaria se ela precisasse no futuro. Ela pediu a Clary para sugerir que Luke fizesse de Meliorn o representante das fadas no Conselho. Clary recusa, não querendo arriscar ser trapaceada e insistiu que já tinha tudo que queria.[2]

Apesar de recusa de Clary por ajuda, Meliorn ainda foi designado a um assento do Conselho, e a Rainha mais uma vez ofereceu uma troca de favores com Clary. Através de Kaelie, a Rainha organizou para que Clary recebesse um sino que ela poderia simplesmente balançar caso a necessidade de um favor surgisse. Clary relutantemente aceitou o “presente”, apesar de estar determinada a nunca utilizá-lo.[3]

Guerra Maligna

Depois do desaparecimento de Jace, Clary ficou desesparada o bastante, como a Rainha previu, para ir até ela e tocar o sino. Ela ofereceu ajudar Clary e seus amigos a acharem Jace se Clary recuperasse um par de anéis de fada, que ela alegou ter pertencido a seu pai, do Instituto de Nova York. Clary concordou em fazer isso, mas decidiu mantê-los para usar em sua própria cruzada para salvar Jace, exatamente como a Rainha esperava.

Clary foi se juntar a Jace e Sebastian Morgenstern como espiã. Enquanto Clary e Simon, o portador de um dos anéis roubados, utilizavam os anéis para se comunicarem, a Rainha escutava seus planos através de sua própria conexão com os mesmos. Mais tarde, ela enviou Meliorn para se encontrar com Sebastian em Praga para dizer que iriam lutar com ele. A Rainha e Sebastian, então, começaram a se comunicar através do anel de Clary.[4]

A , sempre procurando por uma oportunidade, decide formar uma aliança com Sebastian Morgenstern, com quem ela mantém uma relação sexual, e fornece a ele informações e favores necessários. Durante o Cerco da Guerra Maligna na Citadela Adamant, ele forneceria a Sebastian um meio pelo qual esconder secretamente a maior parte de sua força de Crepusculares e ele mesmo, bem como um meio pelo qual recuar. Mais tarde, quando Jace, Clary, Isabelle, Alec e Simon secretamente se transportam para o Reino das Fadas para encontrar um caminho até o Reino Demoníaco que Sebastian está sediado, eles por acaso ouvem e descobrem que a é aliada de Sebastian e vem fornecendo a ele e suas forças auxílio nas batalhas contra a Clave. Uma vez que Meliorn revela a ela que eles tem convidados indesejados, ele perde sua compostura, e em uma rara instância permite a ela mesma mostrar genuína surpresa e raiva. Depois de revelar como ela foi capaz de solidificar a confiança da Clave nas Fadas depois de Burren, utilizando a habilidade de mentir de Meliorn por ser somente meio-fada e sua posterior morte por flechadas, e seus guerreiros serem bloqueados fora da sala do trono, ela concorda em acompanhar o grupo para o caminho que irá leva-los até o Mundo Demoníaco de Edom, governado por Asmodeus e Lilith, pensando que está os levando para a morte. Ao comando de Jace, ela promete que nem ela nem qualquer um em sua corte iria revelar, por palavra ou ato, que o grupo veio até sua Corte procurando por Sebastian. Depois da partida deles, ela faz uso de seu espelho feérico encantando para contatar Sebastian e informa a ele o grupo partiu de sua Corte e está a caminho, e como Fadas não podem sobreviver em Edom, ele deve vingar ambos.

Depois da Guerra Maligna, e do fim de Sebastian e subsequentemente de Jonathan e dos Crepusculares, as Fadas são deixadas sozinhas em uma posição tênue, e como resultado atuam pela paz. A presumivelmente envia sua serva, Kaelie Whitewillow, como a nova representante Fada em favor da Corte de Seelie, e eles são forçados a concordar com um tratado de paz humilhante e impeditivo para o Povo das Fadas (sendo o único defensor das Fadas no encontro do Conselho do tratado de paz, o representante Feiticeiro Magnus Bane).[5]

Algum tempo depois, a Rainha aparentemente desapareceu.[6][7]

Personalidade

Sendo uma fada, a exibe a natureza manipuladora de sua pessoa muito bem, desde que as fadas não conseguem mentir, elas trançam palavras juntas sem dar a verdade inteira, levando outros a ceder a suas exigências. Aparentemente, brincar com pessoas que estão apaixonadas, como Jace e Clary, lhe dá prazer, já que ela acha esse sentimento ridículo.

Descrição Física

É dito que a Rainha é uma mulher adorável e esguia, com cabelos longos escarlate e olhos claros e azuis.

Relacionamentos

  • Sebastian Morgenstern: A manteve uma aliança e uma relação sexual com Sebastian Morgerstern, durante a Guerra Maligna. Ela observa que ele é seu primeiro amante mortal em eras— e o primeiro em um longo período a fazê-la sorrir— chamando-o de Sebastian por respeito, considerando que muitas Fadas não são chamadas por seu “nome verdadeiro”. Ela estimava seu relacionamento de amantes, apesar de ambos manterem uma adaga nas costas um do outro, preparados para apunhalar e trair se necessário.
  • Meliorn: A foi uma dos poucos verdadeiros aliados de Meliorn. Apesar do fato de que ele era metade humano, a se afeiçoou a ele e o fez saber que ele era bem-vindo em sua corte, que ele nunca teria tido sem ela. Ela o tratou como uma fada completa— melhor, talvez— e rapidamente punia qualquer um que o tratasse mal. A é conhecida por ser cruel, mas este foi um caso em que ela mostrou algo próximo a bondade e Meliorn a reembolsou com sua lealdade eterna.[8]

Galeria

Aparições

Referências

Esta página utiliza conteúdo de um artigo da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória