FANDOM


Praetor Lupus é uma aliança de lobisomens fundada por Woolsey Scott no século XIX. Significa literalmente "Guardiões Lobo", e é baseada nos Praetorianos, uma força militar romana elitista. A Praetor é a primeira e maior organização auto-policiada dos Seres do Submundo.

Propósito

Membros do Praetor Lupus localizam jovens Seres do Submundo "órfãos"-lobisomens recém-transformados, vampiros novatos, e feiticeiros que não têm conhecimento de seu povo e/ou o que eles são. Eles intervêm antes do novo Ser do Submundo poder ficar violento, tentam colocá-lo em uma alcateia, um clã, ou com um mentor feiticeiro, e ajudam-no a aprender a controlar seus poderes. Alguns dos lobisomens salvos preferem não se juntar a um bando e, ao invés disso, juntar-se à aliança e se tornarem Praetorianos. Em retorno, eles às vezes recebem cargos e são despachados para guiar outros Seres do Submundo, embora eles possam retornar à Sede da Praetor Lupus, onde eles treinaram e foram abrigados durante sua reabilitação. Guardas Praetorianos usam medalhões de ouro no pescoço, com um padrão de folhas, uma impressão de uma pata de lobo e o slogan da organização "Beati bellicosi", que significa "Abençoados são os guerreiros". Apesar dos objetivos da organização, os membros não podem se envolver diretamente nos assuntos de outros Seres do Submundo e Caçadores de Sombras.

História

A Praetor começou como uma pequena força em Londres no final do século dezenove. O fundador, Woolsey Scott, era um rico lobisomem de Londres que começou a Praetor em homenagem a seu irmão, Ralf, cujo desejo de morte era começar uma organização para ajudar a cuidar de Seres do Submundo órfãos. Woolsey, admitidamente, não estava interessado inicialmente, mas finalmente mudou de opinião depois da morte de Ralf.[1]

Depois da morte da maioria dos membros da sede em Nova York em 2007, a Consulesa, Jia Penhallow, na esperança de recomeçar a organização extinta, enviou para Maia Roberts o selo de líder da Praetor Lupus, com a mensagem "Comece novamente", presumidamente confiando a ela a responsabilidade de liderar a organização reformada. Como uma parte do acordo dos Caçadores de Sombras com o Povo das Fadas, a organização também providenciaria ajuda no restabelecimento do grupo.[2]

Maia assumiu a liderança e conseguiu restabelecê-la com a ajuda de pessoas como Bat Velasquez e certos membros da Clave atrás dela. Ela ainda administra a organização a partir em 2012.[3]

Membros conhecidos

Curiosidades

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.