FANDOM


Outras Versões
ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo a seguir. Aconselhamos atenção!
Isabelle Lightwood
CJ Flowers, Isabelle
Informação Biográfica
Nome
Completo
:

Isabelle Sophia Lightwood

Nascimento: 1991
Idade: 21 (em 2012)
Status: Viva
AKA:
  • Izzy
  • Iz
Afiliação
Espécie:

Caçadora de Sombras

Residência:

Instituto de Nova York

Lealdade:

Clave

Relacionamentos
Familiares
Conhecidos
:
Descrição Física
Gênero: Feminino
Cor do
Cabelo
:
Preto
Cor dos
Olhos
:
Castanho escuro
Altura: 1,75m[1]
GALERIA
Vejo meus irmãos entregando os respectivos corações e penso: Não sabem que não deveriam fazer isso? Corações são frágeis. E acho que mesmo quando a pessoa se cura, ela nunca mais volta a ser como era antes.

–Isabelle para Simon, Cidade dos Anjos Caídos

Isabelle Lightwood é uma Caçadora de Sombras atualmente sob a Conclave de Nova York. Ela é a única filha de Robert e Maryse Lightwood, irmã de Alec e Max, e a irmã adotiva de Jace Herondale. Ela também é a noiva de Simon Lovelace.

Biografia

Vida Pregressa

Isabelle nasceu de Maryse e Robert Lightwood em Nova York. Ela nasceu em 1991, dois anos após seu irmão Alec, e cerca de sete anos antes de seu irmão mais novo, Max.

Ela tinha cerca de dez anos quando Jace Wayland foi adotado pela sua família. Ouvindo de sua mãe que Jace tinha testemunhado a morte de seu próprio pai, Isabelle, que gostava da sensação de ser desejada, esperava que Jace fosse até ela como uma criança assustada que necessitava de conforto. Em vez disso, ela ficou desapontada quando Jace acabou por ser independente, corajoso e aparentemente seguro de si, entre outros traços que lembravam um pouco Isabelle de si mesma. Eventualmente, quando Jace deixou claro que ele via Isabelle como uma possível parceira de treino e iguais, ela passou a amá-lo como um irmão.

Algum tempo antes do nascimento de Max, seu pai teve um caso com uma mulher que ela não conheci. Ela descobriu a partir de sua mãe quando tinha treze anos e manteve em segredo de quase todos, desde então. Devido a isso, Isabelle ficou desconfiada dos homens e encontrou-se não acreditando no amor.

Anos mais tarde, Isabelle estava em um grupo unido de Caçadores de Sombras iniciantes com seus irmãos, Alec e Jace. O trio tinha desenvolvido uma dinâmica de trabalho que muitas vezes era incorporada na sua busca por demônios. Ao longo dos anos, Izzy também desenvolveu uma atitude de algum modo promíscuo, namorando apenas pessoas que seus pais provavelmente desaprovariam, como a fada Meliorn e até mesmo um fantasma.[2]

Retorno de Valentim

No início de 2007, Isabelle, Alec e Jace estavam perseguindo demônios no Clube Pandemônio, um clube frequentado por demônios a procura de vítimas. Isabelle agiu como isca, seduzindo e atraindo um demônio Eidolon — que estava inicialmente alheio ao fato de que ela era uma Caçadora de Sombras já que suas runas foram cobertas pelas longas mangas de seu vestido branco — fazendo-o segui-la a um quarto de abastecimento, enquanto seus irmãos seguiram para matar o demônio.

Neste momento, vários dos demônios que eles haviam encurralado e enfrentado tinham alegado que o líder cruel do Ciclo, Valentim Morgenstern, tinha retornado dos mortos. Sem o conhecimento deles, Clary Fray, uma Caçadora de Sombras que foi criada como uma mundana, tinha os seguido para a sala de abastecimento. Clary mais tarde mostrou-se e impediu Jace de matar o demônio, que, embora a distração, ainda foi morto mais tarde. Isabelle, pensando que Clary fosse uma mundana sem noção dotada da Visão e até mesmo a confundiu com um duende por causa de seu tamanho, castigou-a e amarrou seus pulsos com seu chicote, muito para desaprovação de Jace.

Quando Jace trouxe uma Clary ferida e marcada de volta para o Instituto na noite seguinte, Isabelle foi encarregada de cuidar dela na enfermaria. Ela aparentemente não acreditava que Clary se recuperaria, e esperava que não fosse necessário recorrer aos Irmãos do Silêncio, que a assustavam, até que ela acordou três dias depois. Ela emprestou suas roupas e disse a Clary um pouco sobre Jace antes de dizer aos outros que ela estava acordada já que seu tutor, Hodge Starkweather, desejava ver Clary.

Quando Jace e Clary trouxeram Simon Lewis para o Instituto com eles, Isabelle repreendeu Jace por trazer outro mundano, sabendo que Hodge faria o mesmo. Simon decidiu usar Isabelle para fazer ciúmes a Clary, fingindo estar atraído por Isabelle. Eles caminharam e ele prensenciou ela fazer sopa com ingredientes estranhos e, quando Jace insultou sua comida, ela parecia estar furiosa por uma fração de segundo antes de ele recuar. Ela parecia ansiosa para dar a todos a sopa que ela tinha feito e Simon se ofereceu para experimentar deixando Jace divertido. Em seu caminho para a biblioteca, Jace disse a Simon que Isabelle iria partir seu coração, assim que ela cansasse dele.

Mais tarde, ela voltou dizendo-lhes que o jantar estava pronto, mas Hodge e Jace tentaram dizer a Isabelle que ambos estavam muito cheios. Ela então disse-lhes que atirou a sopa que ela estava fazendo no lixo e pediu comida chinesa, deixando ambos animados e felizes e sairam da sala. Assim que terminaram o jantar, Isabelle acordou Clary de seu sono e disse que ela precisava ir à festa de Magnus Banes para recuperar sua memória. Isabelle emprestou suas roupas e fez seu cabelo para ela, enquanto Clary finalmente disse a Isabelle que ela sabia que Alec é um homossexual. Isabelle disse a ela para não contar a ninguém, se não ele iria ser expulso.

Ela estava presente na festa de Magnus e quando eles tentaram salvar Simon dos vampiros, e quando eclodiu a guerra. Isabelle também estava presente quando Clary lembrou de onde sua mãe escondeu o Cálice Mortal e foi junto com o grupo para o apartamento de Clary para recuperá-lo.

Quando Alec se machucou após um ataque de demônio Isabelle ficou para trás no Instituto, enquanto Jace, Luke e Clary foram ao encontro de Valentim.[3]

Preocupando-se com Jace

Algum tempo depois, Isabelle enviou para Clary um texto dizendo-lhe que a Inquisidora estava vindo para falar com Jace. Quando Clary chegou ao Instituto, Isabelle e Alec explicaram-lhe que a inquisidora jogou Jace na prisão quando ele a irritou. Clary foi com Isabelle e Alec salvar Jace depois da Cidade do Silêncio ter sido atacada e eles descobriram que todos os Irmãos do Silêncio tinha sido morto.

Izzy também foi para a Corte do país das fadas, juntamente com Clary, Jace e Simon. Ela também estava presente quando Clary, Jace, e Raphael enterraram Simon, o que era necessário para ele se tornar um vampiro.

Enquanto Jace estava sendo preso pela Inquisidora, Izzy protestou que Jace não era animal de estimação de Valentim, juntamente com seu irmão Max. Alec no entanto, mentiu e disse que Jace era mau. Alec fez isso para que a inquisidora não suspeitasse que ele iria ajudar Jace, o que ele fez. No final do livro toda a família Lightwood, exceto Max, foram ajudar a combater Valentim. Após a luta Izzy e Alec foram colocados em um barco diferente do de Clary e Jace.[4]

Morte de Max

Ao ser chamada para uma reunião urgente em Idris, Isabelle foi escolhida para ir para Alicante com o resto do Lightwoods, Jace e Clary. No entanto, o Instituto foi atacada por um grupo de Renegados e assim eles foram forçados a sair através do Portal mais cedo. Levando Simon com eles e deixando Clary para trás. Enquanto em Alicante, Isabelle e o grupo se reuniram a Aline Penhallow e Sebastian Verlac.

Mais tarde, Alec, Isabelle, Aline, Sebastian e Max foram atacados por demônios que levaram Aline. Isabelle foi descobrir o que estava acontecendo, enquanto Alec escondia Max. Alec encontrou-a e, em seguida, saiu para lutar junto dela, Sebastian e Max esconderam-se dentro da casa. Isabelle subiu para obter armas, deixando Max com Sebastian, para que pudessem se proteger se fossem atacados. Quando ela voltou lá embaixo ela descobriu que Max havia sido levado pouco antes de Sebastian bater na sua cabeça com um martelo o que quase a matou. Max foi morto por Sebastian. Quando Max morreu, ele se agarrou a um pequeno soldado de madeira que Jace lhe deu quando ele era pequeno. Isabelle continuou dizendo a si mesma que ela deveria ter estado lá para ele se segurar, não um 'brinquedinho estúpido'.

Após o ataque Clary e Simon foram visitar os Lightwoods, que estavam de luto pela morte de Max, e descobriu que Isabelle estava trancada em seu quarto durante todo o dia e não foi falar com ninguém. Quando Alec e Jace tentaram consolá-la, ela se recusou a deixá-los entrar. Ela sempre se culpou pelo o que aconteceu, dizendo que deveria ter o escutado quando ele disse ter visto alguém (Sebastian) subir as torres demoníacas para conseguir demônios. Ela apenas rejeitou a sua ideia como sua imaginação selvagem. Mas ele estava certo. A única pessoa que ela deixou entrar em seu quarto foi Simon, surpreendendo tanto Jace e Alec. Simon subiu para visitá-la e eles dormiram juntos, não sexualmente. Ela disse que sua presença a fez se sentir melhor. Embora ela ainda se culpasse, ela se forçou a seguir em frente e vingar sua morte matando Sebastian. No fim ela acabou batendo bastante nele.

No dia seguinte, Clary encontrou Isabelle e Simon fazendo café da manhã juntos. Neste momento, Clary pediu a Simon para sair da sala, a fim de falar com Isabelle sozinha. Quando Simon saiu Clary falou com Isabelle sobre Jace e por que ele se foi. Isabelle disse a Clary que ela nunca soube o que era ser um caçador de sombras de verdade e que, se Jace morreu não seria como a morte de Max.

Após Clary falar com a mãe dela e descobrir que Jace não era seu irmão e que Sebastian (ou Jonathan) foi o verdadeiro filho de Valentim, Clary encontrou Isabelle e Alec e disse-lhes os as boas novas primeiros, depois disse a Simon. Isabelle, em seguida, encontrou Magnus Bane antes da batalha começar para que ela pudesse aprender o feitiço de rastreamento a fim de encontrar Jace.

Uma vez que Isabelle escapou através do Portal, ela encontrou Jace lutando uma batalha perdida contra Sebastian. Isabelle o ajudou a lutar contra Sebastian ao mesmo tempo, vingando Max. Com a ajuda de Isabelle, Jace foi capaz de matar Sebastian embora estivesse muito fraco.

Depois da guerra, o que veio a ser conhecido como a Guerra Mortal, Isabelle participou da celebração, juntamente com todos os outros. Todos eles assistiram os fogos de artifício, felizes de que a guerra tinha acabado.[5]

Aprendendo a amar

Algum tempo depois, Isabelle se encontrou com Simon em Veselka, onde ele expressou sua descrença sobre nunca ser capaz de atrair uma garota como ela. Seu encontro foi interrompido quando um dos subjugados de Camille Belcourt foi até Simon. Isabelle estava desconfortável com a ideia de deixá-lo ir encontrar-se com Camille, mas ele lembrou-lhe da marca de Caim e insistiu em ir sozinho.

Em um dos shows de Simon com a banda, ela e Maia Roberts descobriram que ele estava namorando-as simultaneamente, alegando que elas não tinham exigido relacionamentos exclusivos. Ambas prontamente terminaram com ele.

Quando Simon recebeu uma nota dizendo que sua namorada tinha sido capturado, ele ligou para Isabelle — e para todas as suas ex-namoradas — para verificar se ela estava bem. Ela ainda estava com raiva e disse-lhe para deixá-la sozinha, embora ele estivesse feliz que ela estava ilesa.

Isabelle salvou Clary quando ela foi atacada por um demônio enquanto tentava descobrir mais sobre o clã que vinha dando sangue de demônio para bebês.

Quando Simon desapareceu, Isabelle junto de Alec, Maia e Jordan foram resgatá-lo do Demônio Maior Lilith na igreja de Talto. Quando a batalha terminou, Isabelle explicou o que aconteceu para a Clave, e ela e Simon mentiram.[2] Eles descobriram mais tarde, no entanto, que Jace desaparecera com o corpo de Sebastian.

Time do Bem

Isabelle estava cada vez mais ansiosa sobre o paradeiro de Jace. Depois de duas semanas, a Clave decidiu despriorizar a busca por Jace e Sebastian, devastando Isabelle. Ela, Clary, Alec e Simon, em seguida, decidiram iniciar uma busca sozinhos.

Para saber mais sobre os planos de Sebastian, Clary se juntou a ele e Jace sem informar os outros. Eles receberam notícias dela através dos anéis de fadas que permitiam uma conexão telepática entre ela e Simon. Quando ela disse que Jace estava ligado a Sebastian, eles procuraram formas de romper o vínculo. Desesperados, eles chamaram Azazel, um Demônio Maior, esperando que ele teria uma solução. Ele pediu-lhes uma memória feliz de cada em troca, o que eles acabaram cedendo relutantemente. Em seguida, ele proclamou que a solução seria a sua libertação, pois assim ele levaria Sebastian de volta para o inferno. Por isso implicar na liberdade do demônio, a equipe se recusou, e o demônio foi expulso.

No entanto, Azazel mencionou que um ataque do Céu, ou uma arma angélica, poderia, em teoria causar danos a Sebastian, sem ferir Jace, essencialmente quebrando o vínculo. Com esta ideia em mente, eles decidiram visitar às Irmãs de Ferro o que acabou se revelando útil. Sendo a única mulher do grupo, e, portanto, o única que poderia viajar para a Citadela Adamant, ela decidiu ir com Jocelyn que havia lhe oferecido ajuda. Quando eles se encontraram, as Irmãs disseram a Isabelle que ela faria um grande irmã de ferro, uma ideia que ela rapidamente rejeitou. Elas, então, informaram-nas de que a única maneira de separar Sebastian de Jace sem matar Jace era usar uma espada celestial.

O relacionamento de Isabelle com Simon tinha melhorado ao longo do tempo, com Simon passando algumas noites com Isabelle contando histórias, até mesmo Star Wars. Quando Simon decidiu ser a pessoa que convocaria Raziel já que ele tinha a marca de Caim e, portanto, mais chances de sobreviver, Isabelle estava muito preocupada. Felizmente Simon conseguiu e adquiriu a espada Gloriosa, mas a marca de Caim foi removido por Raziel. Isabelle aliviada lhe disse que ele não estava mais amaldiçoado.

Após a sua chegada ao Burren, Isabelle lutou ao lado do resto dos Nephilim contra Sebastian e seu exército maligno. Ela sobreviveu à batalha sem qualquer lesão grave e voltou para o Instituto, onde ela e Alec receberam a responsabilidade de cuidar de Jace, que estava inconsciente devido ao fato de ter sido esfaqueado por Clary com a Gloriosa, a fim de separá-lo de Sebastian. Depois de Jace recuperar a consciência, os irmãos compartilham um momento muito comovente juntos.[6]

Guerra Maligna

Isabelle e os outros apoiaram Jace moralmente, que treinava com Jordan Kyle para controlar o fogo celestial meditando. Depois dos ataques aos Institutos pelo exército de Crepusculares, Maryse Lightwood disse a todos para embalar suas coisas e viajar para Alicante. Quando estavam prestes a passar por um Portal, Simon e Isabelle falaram sobre sua viagem para Idris. Quando Simon admitiu que desejava estar indo com ela, ela assegurou-lhe que ele estava mais seguro em Nova York, longe de Sebastian. A conversa mudou para Isabelle e a possibilidade de que Simon poderia se machucar em um relacionamento com ela, o que Simon disse que valia a pena o risco, tocando-a profundamente. Ela deu-lhe o colar de rubi para que ele usasse enquanto ela estava fora, a fim de protegê-lo até que ela voltasse. Ele começou a dizer-lhe que a amava, mas ela o interrompeu, não querendo que ele se declarasse sob aquelas circunstâncias.

Uma vez em Idris, Isabelle estava visivelmente chateada pela falta de interesse dos seus pais um pelo outro. Alec cometeu o erro de responder, "Um monte de pessoas se separaram quando eles têm uma criança que morre", o que enfureceu Isabelle tanto que ela saiu correndo para fora da casa.

De volta ao Gard, Isabelle tentou seguir os outros para a batalha na Citadela Adamant, mas foi parada por seu pai. Furiosa com ele, ela gritou que a morte de Max era culpa dele, e disse a ele, Alec e Maryse, que ela sabia sobre como ele teve um caso antes de Max nascer, e acusou-o de estar feliz pela morte de Max, uma vez que isso o libertou da responsabilidade. Ela então fugiu, apenas para descobrir que Simon havia acabado de chegar de Nova York. Ainda sofrendo por sua discussão no Gard, Isabelle estava aliviada por vê-lo e o abraçou. Para lhe explicar como tinha chegado ali, Simon e Isabelle foram para a casa dela.

Isabelle vasculhou o guarda-roupa de Alec para tentar encontrar algo para Simon vestir. Ela o contou tudo o que vinha acontecendo em Alicante desde que chegaram e o que estava acontecendo agora, mas não mencionou quaisquer sentimentos pessoais. Isabelle, tentando esquecer problemas com sua família, desviou de suas perguntas e tentou seduzi-lo. Os dois brincaram de fingir ser como um personagem de drama e acabaram juntos na cama de Alec, antes do próprio Alec chegar no quarto. Ele ficou horrorizado ao descobrir os dois juntos, e dele Simon descobriu que Jace e Clary haviam atravessado o Portal. Ele e Isabelle discutem e ela toma de volta seu colar. Depois disso, eles foram para Basilias.

Depois eles descobriram que os líderes dos submundanos, juntamente com Jocelyn, foram capturados, Sebastian exigiu Clary e Jace em troca da paz. Enquanto foram dados para eles dois dias, Clary, Jace, Simon, Alec e Isabelle escaparam através dos túneis de fadas para a outra dimensão, Edom.

Quando Isabelle foi mortalmente ferida na luta, eles voltaram para as cavernas e Simon foi capaz de salvá-la usando seu próprio sangue, que como um Diurno tinha poderes restauradores. Quando Isabelle acordou, os dois ficaram sozinhos juntos, e ambos compartilharam o que viram depois de atravessar para o reino demoníaco. Isabelle estava inicialmente enojada ao ouvir a visão de Simon, embora ciente de que cada visão era de alguma forma errada, e rapidamente perdoou. Os dois finalmente tiveram uma "DR" e admitiram seu amor um pelo outro. Alec novamente apareceu enquanto os dois estavam se beijando, e apesar de seus comentários anteriores ficou mais uma vez horrorizado com o que estava vendo.

Depois de um truque idealizado por Clary, Sebastian foi derrotado. No entanto, eles ficaram presos em Edom como Sebastian tinha selado todas as saídas. Magnus chama seu pai, o príncipe do inferno Asmodeus, que então exigiu a imortalidade de Magnus, em troca de uma saída para o seu reino. Percebendo que Magnus, dado seus séculos de vida, morreria se isso acontecesse, o grupo se recusou a deixá-lo sacrificar-se. Simon, em seguida, ofereceu sua imortalidade, que não iria matá-lo dado a sua vida mortal curta, bem como suas memórias do Mundo das Sombras e seus amigos no lugar de Magnus. Simon recusou-se a ser influenciado e insistiu em fazê-lo pelo regresso de todos em segurança.[7]

Pós-Guerra

Alguns meses depois, durante os quais o grupo tentou manter um nível de normalidade em suas vidas após a guerra, Isabelle e Magnus acompanha Clary e vê de longe como ela se aproximou do Simon agora mundano. Quando Isabelle viu o folheto da Banda do Simon e viu que ele os tinha chamado "Os Instrumentos Mortais", ela e Magnus perceberam que Simon podia recuperar suas memórias, se fosse estimulado. A dupla então se aproximou dele e disse-lhe de seu passado esquecido. Magnus se ofereceu para tentar recuperar um pouco de suas memórias com a magia, mas depois concluiu que o resto poderia voltar para ele se ele tentasse se tornar um Caçador de Sombras.[7]

Durante o casamento de Jocelyn e Luke, Simon disse a Isabelle que esperava estar com ela como o homem que ela merecia, como o herói que eles sabiam que ele era. Nas semanas que antecederam a Simon partir para a Academia dos Caçadores de Sombras, onde foi acordado que Simon iria assistir a treinar para sua potencial Ascensão, Isabelle permanecia distante e quieta. Pouco depois dele ter ido embora, Isabelle foi para o Instituto, afirmando ser uma professora convidada voluntária — a primeira do ano de reabertura, de fato — mas realmente só queria ter uma "DR" publicamente com Simon e ameaçou machucar qualquer um que se atrevesse a fazer um movimento contra ele. Depois de fazer seu discurso,envergonhada, Isabelle rapidamente saiu da sala. Simon a seguiu e lhe disse que ele não poderia mais ser o seu namorado como ele não queria decepcioná-la por não se lembrar e viver de acordo com seu próprio passado. Isabelle foi machucada por suas palavras e tentou simplesmente encolher os ombros, dizendo Simon que não iria mais esperar por ele.[8]

Quando a Academia enviou os alunos atrás de um vampiro rebelde em Nova York, Isabelle estava entre o grupo de Caçadores de Sombras de olho neles para garantir a sua segurança. Quando o vampiro atacou Simon, Isabelle apareceu e o matou. Simon, que ainda estava confuso sobre sua falta de lembranças de Isabelle, estava descontente e brigou com ela por sua intervenção constante em sua vida e escolhas. Isabelle, angustiada por sua reação e palavras, em seguida, disse-lhe que não desejava conhecer o novo Simon de qualquer maneira, dada a forma como ele estava agindo, e que ela estava lá para realizar a tarefa que lhe foi atribuída, não por ele. Ela mais uma vez saiu, deixando seu relacionamento em uma tom ainda pior.[9]

Clary instantaneamente percebeu como Isabelle estava realmente machucada pela rejeição contínua de Simon e o descaso que ele tinha ao falar com ela. Durante uma visita na Academia, Clary e Jace fizeram Simon perceber isso, e em seguida, ele reuniu toda a sua coragem e enviou-lhe uma carta através de Jace.[10] Isabelle voltou a carta fechada algum tempo depois.

Dois meses depois, Izzy foi para a Academia com seu pai, que estava dando uma palestra para os alunos sobre a responsabilidade. Como parte do exercício, ela tentou convencer os alunos a entregar-se a um comportamento indecente antes do final do ano escolar. A maioria dos alunos de bom grado a seguiram, e, portanto, falharam no teste moral de Robert, enquanto Simon, junto com Beatriz Mendoza, liminarmente recusaram-se a se envolverem, embora ele inicialmente fez isso simplesmente para evitar Isabelle. Isabelle ficou incrivelmente orgulhosa de Simon. Através de tudo isso, Isabelle foi uma participante relutante dos jogos de mente de Robert, e ela pediu a Simon para ficar enquanto ela enfrentava seu pai sobre isso. Robert, em seguida, tentou se desculpar a sua própria maneira, dizendo-lhes que ela e seus irmãos foram aqueles que ele amou incondicionalmente.

Na festa da Academia, Izzy se aproximou de Simon, que, em seguida, pediu desculpas por seu comportamento, embora de uma forma menos apaixonada que ele tinha tentado em sua carta. Isabelle, em seguida, deixou claro que ela o havia perdoado, e ela estava aberta à idéia de conhecê-lo novamente através de encontros.[11] Pouco depois de Simon voltar para Brooklyn para o verão, os dois sairam em três encontros, dois dos quais Simon terminou com apertos de mãos estranhos. No terceiro, eles entraram em um encontro duplo com Jace e Clary; o grupo foi atacado por demônios, e os três foram em uma viajem — sem Simon — para caçar quem havia enviado os demônios até eles. Quando retornaram pouco antes de Simon retornar para a Academia, eles não ligaram um para o outro, o que ambos levaram como uma rejeição sutil.

Isabelle, então, pediu a Helen para dar a Simon uma carta pedindo permissão para visitá-lo, porque ela o havia emboscado com suas aparições no passado. Na realidade, Izzy já estava em Idris, e quando Simon disse a Helen para lhe dizer que ele não se importaria, ela revelou-se. Ela lhe disse que não estava pronta para dar em cima deles ainda, e decidiu que eles poderiam ir a um encontro em Alicante — solo neutro onde eles não seriam pressionados pelas preexistentes memórias do lugar. Isabelle levou-o a Flecha de Diana para ajuda-lo a escolher uma arma — uma ideia que ela pegou de Jace. Quando Simon parecia visivelmente desinteressado, ela ficou chateada. Mais tarde, entrou em uma discussão sobre Fadas, e então depois sobre não ter problemas com a falta de memórias de Simon, após isso Izzy saiu da loja.

Simon a seguiu, e o casal fez as pazes, concordando em parar de tentar tão duramente e fingir ser como Jace e Clary. O par foi para uma entrada isolada pelo Lago Lyn, em seguida, para outra encontro — um piquenique improvisado que, finalmente, correu bem. Lá, Simon disse a Izzy que ela mal o fazia se lembrar de coisas sobre seu passado, porque ele sentiu que os bits mais importantes de seu passado eram os mais difíceis de acessar. Ela também lhe disse que estava com um pouco de inveja de sua amnésia, dizendo que ela ainda esperava esquecer a morte de Max, e que ele a tinha ajudado depois de seu assassinato. Quando Simon sugeriu voltar para a Academia, Isabelle o confrontou sobre por que ele ainda não tinha feito uma tentativa de beijá-la quando claramente queria. Ele lhe disse que a ideia de perder-se nela o assustava e Isabelle tranquilizou-o dizendo que eles teriam de tomar o salto juntos, e ele finalmente a beijou. [12] Eles, então, assistiram o casamento de Helena e Aline juntos.[13]

A noite antes da Ascensão de Simon, ele escapou da Academia com Clary e utilizou o Portal para voltar para Nova York. Simon encontrou o seu caminho de volta para o apartamento que ele dividia com Jordan, onde Isabelle o encontrou. Eles voltaram para o apartamento vazio de Magnus, onde ela assegurou Simon que sabia que ele iria sobreviver a sua ascensão, mas que desistir não faria dele um covarde ou menos o herói que ela sabia que ele era. Eles então dormiram juntos e passaram o resto da noite juntos, antes de Simon fazer o seu caminho de volta para a Academia na manhã seguinte. Junto com os outros, Isabelle foi para a Sala do Conselho para assistir a ascensão de Simon. Quando Simon recuperou suas memórias durante o ritual, suas lembranças vieram à tona, e mais da maioria tinha sido preenchida com momentos com Isabelle. Mais tarde, Isabelle foi para o Instituto de Londres com Simon para o funeral de seu companheiro de quarto, George Lovelace.[14]

Quando sua mãe deixou o cargo de chefe do Instituto, Isabelle deixou claro que não queria a posição porque tinha a intenção de viajar. Tanto ela e Alec não estavam interessados, e os membros do Conclave votaram em Jace e Clary para assumir a posição como co-líderes. Quando Simon propôs a ela em agosto de 2012 — uma decisão de momento após lutarem contra um demônio — após cerca de três anos de relacionamento, Isabelle disse que sim e disse a Simon que queria uma festa de noivado em dois dias — a tempo para o aniversário de Max — o que Clary conseguiu fazer.[15]

Personalidade

Isabelle inicialmente compartilhava da atitude esnobe da Família Lightwood em direção a mundanos e submundanos. No entanto, após conhecer Clary e Simon, sua atitude para com os mundanos começa a mudar à medida que ela faz amizade com eles e forma um relacionamento romântico com Simon. Sua reação angustiada quando Simon foi temporariamente transformado em um rato, indicou o relacionamento superficial que ela pretendia ter com Simon não iria ser facilmente alcançado. Apesar de manter uma atitude arrogante em direção a Clary e mundanos, ela é vista a ser um pouco afetada pelas palavras de Clary em determinados pontos no livro, sugerindo que ela não é tão fria como ela permite que outras pessoas acreditem.

Isabelle tem um grande senso de estilo e é muito consciente da moda. Ela também é um pouco promíscua. Após a morte de seu irmão, Max, ela deita-se com Simon, mas não dorme com ele. Isabelle é retratada como vaidosa e narcisista, mas um pouco insegura. Ela é sensível sobre sua grande altura e desejava ser um pouco menor e mais delicada como Clary. Ela é sem dúvida a mais madura dos filhos Lightwood e, como tal, adota uma espécie de papel maternal em relação a eles, mesmo sendo Alec o irmão mais velho.

Apesar de sua atitude narcisista, Isabelle é muito leal a sua família, especialmente a Alec. Ela é uma das poucas pessoas no mundo que está ciente de sua sexualidade e os dois são muito próximos. Isabelle também possui um temperamento explosivo que inúmeros personagens acabam sendo vítimas. Apesar de sua natureza madura e refinada, ela tem o hábito de jogar birras e trancar-se no quarto quando as coisas vão mal, atirando objetos para as pessoas quando elas se intrometam em sua solidão. Enquanto Clary no início acha a natureza abrasiva de Isabelle inquietante, ela logo começa a gostar dela quando ela vem a conhecer o seu lado quente.

Isabelle é uma amiga extremamente leal, mas é volátil e propensa a mudanças de humor. Isabelle é descrita como muito sedutora. Ela namora muitos rapazes diferentes, especialmente os meninos que seus pais não aprovam. Mais tarde, ela revela que faz isso para desviar a atenção de seu irmão Alec, que é gay, para que seus pais não ficassem desconfiado dele. Isto começa a mostrar um lado muito mais profundo e amoroso dela que muitas vezes só é revelado quando em torno de sua família. Ela ama seus irmãos, sendo particularmente próxima de Alec, e o defende apaixonadamente quando ameaçado. A morte de seu irmão, Max, bateu particularmente mais forte nela, fazendo-a sentir que falhou com ele, porque ela o ignorou quando ele disse que algo estava errado. Sua dor a levou a não comparecer a seu funeral, pois sentia que não merecia estar lá.

Isabelle mais tarde revelou ser cautelosa quando se trata de amor. Isto deriva de sua mãe dizendo-lhe para não confiar nos homens, porque eles sempre iram machucá-la. Embora na época ela não entendia o significado disso, ela revelou mais tarde que não sabe amar de verdade, embora sua paixão por Simon certamente parece estar abrindo-a. Ela fica perplexa ao olhar para seus irmãos, vendo-os dando-se ao amor. Ela não entende como eles podem abrir-se a tal tristeza.

Isabelle também gosta bastante de cozinhar, mas não é muito boa no que faz. Sua mãe, Maryse, sempre foi uma boa cozinheira, mas ela nunca ensinou a Isabelle, temendo que ela poderia ficar presa na cozinha para sempre, em vez de ser a grande caçadora de sombras que ela nasceu para ser.

Jace uma vez descreveu Isabelle como uma das melhores Caçadoras de Sombras que ele conhecia. Ela ama a sua vida e a luta contra os demônios. Ela gosta muito de caçar demônios. Ela também é muitas vezes a 'isca' para os demônios que ela, Jace e Alec estão caçando. Ela é uma menina de espírito livre que gosta de festa, flertar e roupas.

Isabelle também é muito confiante sobre sua aparência, o que causa um contraste gritante com o irmão Alec que não está confiante em sua própria pele. Ela frequentemente usa sua aparência para conseguir seus objetivos, empunhando-a na vida cotidiana como se fosse seu chicote em uma luta.

Descrição Física

Codex Isabelle

Isabelle é descrita como incrivelmente linda apesar das cicatrizes deixadas em sua pele pelas runas dos Caçadores de Sombras. Ela tem longos cabelos preto-tinta que descem até a cintura e olhos marrons de cor castanha escura que geralmente são confundidos com preto. Ela compartilha as mesmas sobrancelhas delgadas, pele pálida e de alta cor, como seu irmão Alec. Dizem que ela se assemelha muito à sua mãe, tanto que Jocelyn Fray a confundiu com Maryse quando se conheceram. Ela é bastante alta com 1,75m, sendo mais alta do que a maioria dos meninos, e muito magra. Apesar de sua aparência, Isabelle invejou bastante Clary e outras garotas como ela, pequenas, no passado, embora esteja feliz com seu visual, ela achou que era um aborrecimento ser mais alta do que a maioria dos meninos.

Isabelle é conhecida por estar na moda e geralmente usa um vestido; Clary já declarou que ela raramente vê Isabelle em qualquer coisa além de vestidos, embora ela seja conhecida por usar roupas casuais. Isabelle também tem uma inclinação para saltos muito altos.

Habilidades e Competências

  • Fisiologia Nephilim: Sendo Nephilim, Isabelle possui uma variedade de habilidades físicas e mentais aprimoradas concedidas a ela pelo sangue de Raziel em suas veias e também pelas Marcas angelicais do Livro Gray. Ela também tem poder para executar tarefas exclusivas de sua espécie, como a capacidade de usar e chamar o poder dos anjos para as lâminas serafim. Isso inclui maior força, agilidade, resistência e coordenação, que só melhora ao longo do tempo e prática.
  • Magia Rúnica: Devido ao sangue do anjo em suas veias, todos os Caçadores de Sombras são capazes de aplicar runas na pele sem nenhum perigo real. Estas Marcas, por sua vez, proporcionam efeitos variados que servem para beneficiar o usuário.

Pertences

  • Colar da família Lightwood: Isabelle herdou o colar da família. O pingente de rubi do colar também serve como o Sensor de Izzy, pulsando vermelho brilhante na presença de demônios.
  • Chicote de Electrum: Isabelle usa seu chicote de ouro prateado, sua marca registrada, como escolha preferida de arma. O chicote foi um presente de aniversário de seu pai quando ela completou doze anos. Ela mostra um alto nível de habilidade e proficiência com o chicote.
  • Adagas: Isabelle também mostrou incluir um par de adagas em seu arsenal.
  • Outros equipamentos básicos de Caçadora de Sombras, incluindo: estelas, lâminas serafim, e luz enfeitiçada.

Relacionamentos

Interesses amorosos

Tarot Blades Ace

Isabelle sempre teve dificuldade com compromisso. Desde que sua mãe lhe disse para nunca confiar em homens ela se protegia deles com uma série de amantes que foram todos problemáticos que irritariam seus pais. Isabelle levou muito tempo para perceber como ela foi afetada pelo conselho de sua mãe.

Quando Simon chegou primeiro ao Instituto, ele foi imediatamente atraído por Isabelle, pensando ter finalmente encontrado alguém que pudesse ajudá-lo a superar Clary. Embora no início ela tenha mostrado pouco interesse em fazer algo mais do que flertar, ele acompanha Isabelle, seus irmãos, e Clary para a festa de Magnus Bane. Os dois dança juntos, e Isabelle, embora intoxicada, se preocupa com ele quando ele foi transformado em um rato.

Quando Simon é atacado por vampiros, Isabelle fica profundamente angustiada e ameaça matar Raphael, se ele não explicasse o que aconteceu com Simon.

Isabelle e sua família foi em uma viagem para Idris quando Renegados atacaram. Simon foi forçado através do Portal e os dois se hospedaram em Idris juntos por um curto período de tempo. Durante a prisão de Simon no Gard, Isabelle muitas vezes trouxe sangue e assinou o cartão com múltiplos beijos e abraços.

Após a morte do irmão de Isabelle Max, Simon foi o único para quem ela se abriu, insistindo que Simon iria dormir com ela, a fim de se sentir melhor.

Em Cidade dos Anjos Caídos, eles casualmente namoraram até Isabelle descobrir que ele também está namorando Maia Roberts, e terminar com ele. No entanto, ela é incapaz de afastar a conexão profunda que tem com ele.

Em Cidade das Almas Perdidas, eles passam noites juntos no apartamento de Magnus, e Isabelle permite que Simon beba o sangue dela. Ela se aproxima mais dele, embora esteja relutante em aceitar que está realmente se apaixonando por ele.

Em Cidade do Fogo Celestial, eles finalmente admitem seus sentimentos um pelo outro. Isabelle fica perturbada quando as memórias de Simon são levadas embora, e ela e Magnus finalmente conseguem recuperá-lo alguns meses mais tarde, para seu alívio e felicidade.

Amigos

Eu só confiei em algumas pessoas na minha vida. Realmente confiei. Minha mãe, Alec, Jace, e Max. Eu já perdi um deles. Clary é a única razão para eu não ter perdido outro.

–Isabelle sobre Clary, Cidade das Almas Perdidas

Isabelle não é muito aberta a Clary no início desde que ela tem dificuldade para fazer amizades com meninas de sua idade. No entanto, após Clary descobrir sobre a sexualidade de Alec e manter em segredo Isabelle se entusiasma um pouco sobre ela. O relacionamento delas durante a Cidade das Cinzas e Cidade de Vidro não está progredindo muito desde que Isabelle acredita que Clary é a razão de Jace está tão infeliz. Porém, após os acontecimentos destes dois livros, Isabelle e Clary se aproximam com Isabelle mesmo fazendo piadas e comentários espirituosos sobre o relacionamento de Clary com Jace.

Família

Alec é irmão de Isabelle, que é quase dois anos mais velho que ela. Ambos são muito protetores um com o outro.

Robert e Maryse Lightwood são os pais de Isabelle.

Jace é o irmão adotivo de Isabelle.

Max é o irmão de 9 anos de Isabelle. Ela caiu em uma depressão breve, quando ele foi morto por Sebastian, pensando que ele ainda estaria vivo se ela tivesse escutado ele.

Aparições

Galeria

Veja mais aqui

Etimologia

O nome de Isabelle significa "Meu Deus é um voto" em hebraico.

Curiosidades

  • Isabelle é alérgica a tulipas.[15]
  • Isabelle era fascinada pela história das armas quando criança. Passava horas lendo sobre combate de curto alcance na biblioteca do Instituto.[17]
  • Como muitos outros Caçadores de Sombras, Isabelle nunca quis ter um parabatai.[18][19][20]
  • O nome do meio de Isabelle, Sophia, foi supostamente retirado de Sophia Collins, que foi a esposa de Gideon Lightwood, de onde o nome do meio do irmão de Isabelle, Alec também foi adaptado.
  • Isabelle foi nomeada por causa da avó de Cassandra Clare.[21]

Referências

Família Lightwood
Alec Lightwood | Alexander Lightwood | Andrew Lightwood † | Anna Lightwood | Barbara Lightwood | Barbara Pangborn † | Benedict Lightwood † | Catia Monteverde † | Cecily Herondale | Christopher Lightwood | Felicia Lightwood |
Gabriel Lightwood | Gideon Lightwood | Grace Blackthorn | Isabelle Lightwood | Isidore Lightwood | Jace Herondale | Jesse Blackthorn | Maryse Lightwood | Max Lightwood † | Max Lightwood-Bane | Phoebe Gladstone † |
Rafael Lightwood-Bane | Robert Lightwood | Sophie Collins | Tatiana Blackthorn | Thomas Lightwood
Família Trueblood
Alec Lightwood | Isabelle Lightwood | Maryse Lightwood | Max Lightwood † | Max Trueblood
Esta página utiliza conteúdo de um artigo da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória