FANDOM


O Instituto de Cluj é o Instituto localizado na Romênia. O instituto é uma fortaleza encontrada acima de Cluj, nas Montanhas Cárpatos Orientais.[1]

História

Vampirismo

Os massacres da década de 1450 mudou o Instituto em Cluj, na Transilvânia, de um pequeno remanso de montanha para o mais movimentado e mais traiçoeiro destacamento Nephilim no mundo.

Quando Vlad III liderou uma série de incursões na Transilvânia, o vampirismo se espalhou por toda a região. A cidade de Cluj tornou-se o local do primeiro clã de vampiros oficialmente reconhecido pela Clave, e a Transilvânia tornou-se o epicentro da epidemia de vampiros.

Em um golpe de sorte historiográfica, o Instituto de Cluj no final do século XV foi o lar de um Caçador de Sombras referido como "Simion, o Escriba", que forneceu uma imagem clara e detalhada da propagação original da praga vampírica. Uma guerra entre os Nephilim e os primeiros clãs de vampiros eclodiu. Os Caçadores de Sombras, especialmente aqueles já com experiência na caça de Submundanos, viajaram para a Transilvânia com o único propósito de matar vampiros; novos vampiros continuaram a aparecer tão rápido como os velhos poderiam ser mortos.

Em poucos meses, o Instituto de Cluj, anteriormente um dos menores e menos importantes Institutos da Europa, havia se tornado o epicentro da maior epidemia demoníaca que o mundo mundano jamais vira. O caos surgiu, já que nem Nephilim nem vampiros ainda entenderam como novos vampiros foram feitos ou como eles poderiam ser confiavelmente mortos.

A guerra terminou sem nenhum vencedor evidente. O conhecimento da doença vampírica cresceu, o vampirismo se espalhou para outras partes da Europa, e Caçadores de Sombras voltaram para casa para assinar tratados com clãs de vampiros locais e manter a paz em seus próprios territórios. A Transilvânia permaneceu um campo de batalha devastado por centenas de anos, onde as taxas de mortalidade para os vampiros e Caçadores de Sombras continuaram a ser as mais altas do mundo, e onde a autoridade da Clave era tênue na melhor das hipóteses. Somente com o fim não oficial do Cisma na primeira metade do século XVIII a batalha cessou.[1]

Legado

Hoje, o Instituto de Cluj é, enquanto mais focado em vampiros que a maioria dos outros Institutos, não ocupado ou mais perigoso do que qualquer outro.

O Muzeul de Vampiri no Instituto recria a carnificina de quinhentos anos atrás através de figuras de cera magicamente animadas, e se tornou uma atração frequentemente visitada entre os Nephilim.

Grandes instalações de luz enfeitiçada também são encontradas no Instituto de Cluj, onde o famoso Arco Vampiro forma o limiar para o Instituto. Durante muitos anos pensava-se que os seres humanos infectados com o vampirismo eram sensíveis à luz natural e santa e recuariam dela; o Arco foi construído sob a crença de que iria proteger o Instituto de seres humanos infectados. Enquanto isso, foi eventualmente provado ser falso, o Arco permanece um símbolo da dedicação do Instituto de Cluj ao Anjo, e muito provavelmente um lembrete das tragédias que aconteceram anos antes.[1]

Curiosidades

  • O Instituto é também conhecido como o "Cluj Institut".

Referências

Esta página utiliza conteúdo de um artigo da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.