FANDOM


Demônio de Whitechapel
Informação Biográfica
Status: Destruído
Morte: Novembro de 1888
AKA:
  • Jack, o Estripador
  • Avental de Couro
  • Assassino de Whitechapel
Afiliação
Espécie:

Demônio

Título:

Terror de Whitechapel

Residência:

Vazio

Relacionamentos
Descrição Física
Gênero: Feminino
Cor dos
Olhos
:
Pretos
Jogue o meu jogo. O jogo é para se esconder. Eu gosto de me esconder. Eu gosto de levar ... as peças. Eu escondo. Eu levo as peças.

–Demônio de Whitechapel, O Demônio de Whitechapel

O demônio de Whitechapel não nomeado, amplamente conhecido como Jack, o Estripador era um Demônio Maior assassino que espreitava em torno do distrito de Whitechapel, em Londres, em 1888. Enquanto os assassinatos permaneceram sem solução para os mundanos, os Caçadores de Sombras foram, de fato, capazes de pôr fim a isso.

História

Primeiros assassinatos

Em 31 de agosto de 1888, o corpo de sua primeira vítima (Mary Ann Nichols)[1] foi encontrado em Buck's Row, onde o assassinato também ocorreu. Sua segunda vítima, Annie Chapman, foi encontrada em Hanbury Street em 8 de setembro.

No dia 30 de setembro,[1] o corpo de Elizabeth Stride foi encontrado em Dutfield's Yard à uma da manhã, com ferimentos semelhantes, mas aparentemente incompletos em comparação com os outros. Catherine Eddowes foi então encontrada em Mitre Square apenas quarenta e cinco minutos depois.

Todas as suas vítimas eram prostitutas que operavam no East End de Londres, especificamente em Whitechapel. Os corpos foram encontrados desfigurados, as gargantas cortadas profundamente e os abdômens esvaziados, com vários cortes longos que pareciam incisões cirúrgicas precisas e delicadas – os conteúdos foram removidos ou colocados em outras partes dos corpos das mulheres. Os assassinatos foram brutais e perversos, cada assassinato consideravelmente pior e mais terrível na natureza do que o último.

Queda

Em outubro de 1888, a série de assassinatos suspeitos não só chamou a atenção da imprensa mundana, mas também do Enclave de Londres. A imprensa logo produziu uma carta, assinada por um fictício "Jack, o Estripador" afirmando ter realizado as ações do demônio, para continuar vendendo a história.

Apesar das possibilidades mundanas, a impossibilidade disso – particularmente a distância entre os locais onde Stride e Eddowes foram encontradas e a quantidade de tempo que teria levado a realizar os crimes consecutivamente, bem como as condições, a velocidade e a escuridão, sob as quais o assassinato de Chapman foi realizado – chamou a atenção de Gabriel Lightwood. Gabriel começou a investigar os assassinatos e, pouco tempo depois, considerou a probabilidade de que o assassino fosse de fato um demônio.

Em 9 de novembro de 1888, após cerca de um mês de escutas da área sem ver uma dica do demônio, Gabriel e Cecily Lightwood e Will e Tessa Herondale, ouviram falar do último assassinato do Estripador: Mary Kelly, morta e descoberta na manhã após outra longa e rotineira noite de patrulha. Quando eles voltaram para casa, o demônio foi mais rápido que eles e, depois de nocautear a babá Bridget Daly, escondeu as crianças, Anna Lightwood, James e Lucie Herondale, nas chaminés. Desafiou os Caçadores de Sombras e pediu-lhes para brincar com ela.

Quando o Irmão Zachariah chegou, ele os informou que seus estudos indicavam que o demônio tinha intenções semelhantes a crianças. Tessa chegou à conclusão de que a criança demônio queria uma mãe e, devido à sua obsessão, tinha matado mulheres para tomar os seus órgãos de procriação. Imediatamente depois de anunciar sua teoria, o fantasma de Jessamine Lovelace chamou o demônio e convidou-a para brincar com sua casa de bonecas em troca das crianças. Quando revelou onde as crianças estavam, seus pais recuperaram e os deixaram com Bridget, e Jessamine distraiu brevemente o demônio com suas bonecas. Quando voltaram, Jessamine se ofereceu para brincar de esconde-esconde. Ela disse a criança demônio para fechar os olhos para que ela pudesse procurar primeiro, e quando ela fez, Will baniu-a com sua lâmina serafim.[2]

Legado

Embora o mistério nunca tenha sido resolvido para os mundanos após a sua morte, a lenda do demônio de Whitechapel viveu através de histórias, as teorias continuadas e várias publicações sobre o Estripador.

Em 2008, Tessa Gray, como palestrante convidada sobre o papel de Caçadores de Sombras na história mundana, retransmitiu a história para os estudantes Caçadores de Sombras e mundanos da Academia dos Caçadores de Sombras.[2]

Descrição Física

O demônio apareceu como uma menina pequena, com o rosto pálido e liso de uma criança que tinha apenas cinco anos de idade. Seus olhos eram inteiramente pretos, sem brancos. O demônio também poderia assumir a forma de uma névoa.[2]

Curiosidades

Referências

  1. 1,0 1,1 Jack, o Estripador no Wikipédia
  2. 2,0 2,1 2,2 O Demônio de Whitechapel (primeira e única aparição em flashback)
  3. "Eu diria maior," Cassandra Clare no Twitter Eua-icone
Esta página utiliza conteúdo de um artigo da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória