FANDOM


Outras versões
Clary Fairchild
Interpretado(a) por Katherine McNamara
Shtv02 promoClary1
Informação Biográfica
Nome
Completo
:

Clarissa Fairchild-Morgenstern

Nascimento: 1998
Idade: 18
Status: Viva
AKA:
  • Clary Fray
  • Clary Fairchild
  • Garotinha (por Alec)
  • Biscoito (por Magnus)
Afiliação
Espécie:

Caçadora de Sombras

Residência:

Greenpoint, Brooklyn, Nova York

Relacionamentos
Familiares
Conhecidos
:
Outros:

Jace Herondale
Simon Lewis (ex-namorado)

Descrição Física
Gênero: Feminino
Cor do
Cabelo
:
Ruivo
Cor dos
Olhos
:
Verdes
Altura: 1,65
GALERIA

Clarissa "Clary" Fairchild, também conhecida como Clary Fray é uma Caçadora de Sombras que foi criada entre mundanos, não conhecendo sua herança verdadeira. Quando sua mãe foi sequestrada, a vida simples e contente de Clary foi interrompida quando ela foi forçada a agir; Ela foi colocada em uma jornada de auto-descoberta aprendendo mais sobre seu passado e necessitando abraçar seus poderes recém-descobertos e o papel central que era esperado que ela assumisse neste novo mundo.

Biografia

Vida pregressa

TMI101 Memories01

Uma Clary mais jovem, prestes a ter suas memórias tomadas por Magnus.

Clary é a segunda criança de Jocelyn Fairchild e Valentim Morgenstern, dois Caçadores de Sombras que eram membros do Ciclo. Ela nasceu algum tempo depois de seu irmão, Jonathan Christopher, que a maioria acreditava ter morrido em um incêndio com seu pai.[1]

Antes de ela nascer, sua mãe se escondeu e fugiu para Nova York, deixando para trás sua vida como Caçadora de Sombras. Ao brincar em um parque quando era nova, Clary foi quase atacada por um demônio, mas foi salva por sua mãe. Depois do incidente, Jocelyn a levou a Magnus Bane, um feiticeiro, e fez com que ele limpasse as memórias do Mundo das Sombras de sua mente.[2] Durante anos, Jocelyn levou Clary a acreditar que seu pai era um homem chamado Jonathan Clark.[3]

Sequestro de Jocelyn

Em 2016, Clary começou seu 18º aniversário com uma entrevista na Academia de Artes de Brooklyn. Clary foi aceita no programa avançado que tinha pedido, e creditou as ilustrações gráficas que não apresentou como as peças que chamaram a atenção do painel.

Mais tarde naquela noite, Clary encontrou um grupo de Caçadores de Sombras e Magnus, que ela reconheceu brevemente e confusamente, no Clube Pandemônio. Assustada pela batalha que ela testemunhou no clube, ela correu para casa e contou o que viu para Jocelyn, que começou a lhe contar que ela era uma Caçadora de Sombras. Nesse momento, um grupo de homens chegou, assustando Jocelyn e Dot. Jocelyn colocou um colar em seu pescoço e enviou-a através de um Portal que a levou para a delegacia de NYPD, para Luke,[2] um bom amigo de Jocelyn e uma figura paterna para Clary.[1]

Enquanto estava na delegacia, no entanto, ela ouviu uma conversa entre Luke e duas pessoas sobre como ele não se importava com os Frays, ferindo Clary. Ela correu para casa para encontrar Jocelyn desaparecida, e um demônio sob a aparência de Dot a atacou. Jace, um dos Caçadores de Sombras do clube, chegou a tempo de salvá-la. Clary desmoronou devido ao veneno do demônio, e ele a levou de volta ao Instituto de Nova York para se recuperar.

Ao acordar, ela conheceu Isabelle e Alec Lightwood, com Alec imediatamente expressando sua desconfiança em relação a ela. Jace informou-a sobre o básico: que eles, incluindo ela, eram todos Caçadores de Sombras, seres humanos que eram parte-anjo,[4] cuja missão era proteger a raça humana de demônios, e que todas as lendas são verdadeiras.[2] Além de descobrir que ela era Nephilim, o instrutor do Instituto e ex-membro do Ciclo Hodge Starkweather disse-lhe que sua mãe também já havia sido parte do Ciclo - a organização, liderada por Valentim Morgenstern, que a sequestrou.

Quando eles perceberam que as pessoas que levaram Jocelyn estavam atrás de uma ferramenta poderosa conhecida como a Cálice Mortal, eles trabalharam ao lado de Clary para obtê-lo antes de Valentim ou os Seres do Submundo encontrá-lo. Enquanto as pessoas que a ajudavam estavam principalmente preocupadas em recuperar o Cálice, Clary permaneceu focada em sua busca por Jocelyn.

Memórias Bloqueadas

Em uma tentativa de desbloquear suas memórias aparentemente bloqueadas, os Caçadores de Sombras a levaram para a Cidade dos Ossos, onde os Irmãos do Silêncio usaram a Espada da Alma nela. Embora nem todas as memórias dela fossem acessadas, ela se lembrou o suficiente para descobrir que ela era a filha de Valentim. Fora da Cidade dos Ossos, Simon foi sequestrado por vampiros em uma tentativa de obter informações sobre a Cálice.[5] Clary forçou os outros a salvar Simon, e eles infiltraram a base dos vampiros, o Hotel Dumort. Com a ajuda de Raphael, um vampiro que não concordava com as decisões de Camille, eles conseguiram escapar com Simon.[4]

Percebendo que suas lembranças eram cruciais para sua busca pelo Cálice, como indicado pelo demônio que a atacara em sua casa, Clary contou-lhes de uma lembrança, que veio a ela na Cidade do Silêncio, de sua juventude, onde ela viu um homem chamado Magnus levando suas memórias, Simon lhe contou que seu raptor Camille tinha lhe falado sobre Magnus Bane quando ele mencionou as memórias perdidas de Clary.

O grupo atraiu Magnus para fora de seu esconderijo com uma festa, e enquanto o feiticeiro inicialmente se recusou a ajudá-los, ele finalmente concordou quando o grupo o ajudou a lutar contra os membros do Ciclo que atacaram seu porto seguro. Para sua surpresa, Magnus também lhe disse que Dot, que ela tinha crescido vendo-a como uma irmã,[5] foi torturada e morta por Valentim em seus esforços para protegê-la. Magnus então disse-lhes que ele alimentou as memórias de Clary para um demônio da memória, Valak. Eles decidiram convocar o demônio, mas quando a vida de Jace foi posta em risco, Clary decidiu sacrificar suas memórias e baniu o demônio para salvá-lo.[6]

Mesmo sem suas lembranças, Clary foi finalmente capaz de recuperar o Cálice para a Clave[7], embora eles mais uma vez o tenha perdido quando Hodge os traiu e deu o Cálice para Valentim.[8] Eles também foram capazes de resgatar Jocelyn de Valentim,[9] embora ela ainda estivesse dormindo sob o efeito da poção que ela tomou. Clary então começou a caça pelo Livro do Branco.[8] Depois que encontraram o livro e foram capazes de acordar Jocelyn, eles perderam Jace, que aparentemente se juntou a Valentim.[10]

Caçadora de Sombras

Depois de uma breve reunião feliz com sua mãe desperta, Clary logo se viu preocupada com seus problemas. Ela deu a notícia a Jocelyn de que Jonathan estava vivo e foi levado por Valentim, sem saber que Jocelyn achava que Jonathan era maligno e mais tarde tentaria matá-lo. Além disso, ela foi monitorada de perto pelo novo chefe do Instituto, Victor Aldertree.[11]

Alec culpou Clary por seus dilemas, fazendo com que ela começasse a se questionar onde ela realmente pertencia — incapaz de se encaixar verdadeiramente entre os Caçadores de Sombras, ao mesmo tempo em que também não podia retornar à sua antiga vida comum. Em um esforço para encontrar respostas, ela foi para a Academia de Artes do Brooklyn para pintar. Embora Jocelyn e Luke, preocupados com sua segurança, rapidamente a alcançassem, ela foi sequestrada por Dot e levada para o navio de Valentim. Clary estava presa e tendo sua mente controlada por Dot para enganar Jace fazendo-o se submeter a Valentim. Clary conseguiu chegar até Dot, que mais tarde ajudou Jace e ela a escapar do navio, derrubando as barreiras com sua magia. [12]

Embora ela e Jace tenham se separado no mar, ele logo contactou ela e Isabelle e o grupo formou planos para se encontrar no apartamento de Magnus para salvar o inconsciente Alec, que precisava de contato com seu parabatai para sobreviver. Jace foi preso depois disso, [13] e foi enviado para a Cidade dos Ossos. Clary tentou falar com Jace, mas foi afastada. Enquanto isso, a Clave decidiu transferir Jocelyn para Idris, e Jocelyn pediu a Clary para vir com ela. Embora ela tenha brevemente considerado, ela recusou, querendo aprender a ser uma Caçadora de sombras no Instituto e incapaz de deixar seus amigos.

Pouco depois, um novo tipo de demônio infiltrou as barreiras do Instituto e começou a possuir Caçadores de sombras para matar outros. Enquanto possuía Alec, o demônio matou Jocelyn, devastando Clary. Clary, vingativa, partiu para caçar o demônio e logo descobriu que o mesmo havia possuído Isabelle. Depois de vê-la atacar Alec, Clary apunhalou Isabelle, forçando o demônio a sair do corpo de Isabelle, depois que Clary o venceu.[14]

Personalidade e Traços

Clary é teimosa, obstinada e ardente. Ela também é inteligente e criativa. Ela ama e se importa profundamente com sua mãe e seus amigos e é leal a eles acima de tudo.

Não tendo sido criada com uma típica Caçadora de Sombras com seus preconceito e regras, ela está muitas vezes em desacordo com os Caçadores de Sombras mais tradicionais no Instituto, como Alec e Lydia, sobre questões relativas aos mundanos e Submundanos, regras e protocolos em excesso e a sua cultura centrada em si mesmo. Ao contrário da maioria dos Caçadores de Sombras, que defendem inocentes por um senso de dever, Clary o faz sem hesitação porque ela quer.

Aparência Física

Clary é uma jovem bonita com cabelos vermelhos brilhantes e uma corpo esguio. Hodge comentou que ela se parece muito com sua mãe, Jocelyn. Seu estilo de roupa é geralmente simples e conservador, e ela não gosta de usar as roupas reveladoras que Isabelle a faz usar em algumas ocasiões. Desde que conheceu os Caçadores de Sombras, Clary agora tem um número de runas queimadas em várias partes de seu corpo.

Competências e Habilidades

  • Fisiologia Nephilim: Sendo Nefilim, Clary possui uma variedade de capacidades físicas e mentais melhoradas concedidos a ele pelo sangue do anjo Raziel em suas veias e também pelas marcas angelicais do Livro Gray. Isso inclui maior força, velocidade, agilidade, resistência e coordenação, que melhora ao longo do tempo e prática.
  • Visão: Como uma Caçadora de Sombras, Clary é capaz de ver facilmente através da maioria das ilusões mágicas e camadas de glamour sobre a realidade.
  • Uso de armas celestiais: Como um Nefilim, Clary também é capaz de lidar com armas celestiais, tais como Lâminas Serafim, bem como lidar com quaisquer armas ou objetos celestes, com efeitos que normalmente não iriam funcionar para outras espécies. Em particular, estas são ferramentas feitas de Adamas e forjadas pelas Irmãs de Ferro.
  • Magia Rúnica: Devido ao sangue de anjo em suas veias, todos os Caçadores de Sombras são capazes de aplicar runas em sua pele sem qualquer perigo real. Estas marcas, por sua vez, dão efeitos variados que servem para beneficiar o usuário.
  • Excesso de sangue de anjo: Todos os Caçadores de Sombras possuem certa quantia de sangue de anjo em suas veias, porém Clary tem mais; Particularmente, ela tem sangue puro de anjo, e uma conexão de sangue com o anjo Ithuriel.
    • Acessando novas runas: Por causa disso, Clary é capaz de "criar" novas runas - as que não estão no Livro Gray — enviadas a ela como visões ou imagens por Ithuriel.
    • Habilidades únicas de Caçadora de Sombras: De acordo com Luke, alguns Caçadores de Sombras têm poderes angélicos incomuns que podem ser passados para seus descendentes. No caso de Clary, ela e Jocelyn têm a capacidade compartilhada de pressionar objetos físicos em papel, transformando-os em desenhos ou pinturas e, inversamente, são os únicos capazes de "alcançar" as imagens para extrair o objeto oculto.
  • Esgrimista habilidosa: Clary tem algumas habilidades em esgrima, que ela ainda está tentando melhorar com treinamento no Instituto.
  • Arte: Clary é uma artista particularmente qualificada e talentosa.

Posses

  • Estela Fairchild: por seu décimo oitavo aniversário, Jocelyn deu-lhe uma Estela que é, aparentemente, uma herança de família.
  • Colar Portal: Antes de ser separada de Jocelyn, sua mãe pendurou um colar ao redor de seu pescoço. Ele espontaneamente desencadeia visões das pessoas que Clary está pensando, trabalhando como um Portal para ver o estado atual ou localização da pessoa. Ele também pode ser detectado e utilizado para que se comuniquem com ela.

Aparições

Aparições Primeira Temporada: 13/13
The Mortal Cup:
Aparece
The Descent Into Hell Isn't Easy:
Aparece
Dead Man's Party:
Aparece
Raising Hell:
Aparece
Moo Shu to Go:
Aparece
Of Men and Angels:
Aparece
Major Arcana:
Aparece
Bad Blood:
Aparece
Rise Up:
Aparece
This World Inverted:
Aparece
Blood Calls To Blood:
Aparece
Malec:
Aparece
Morning Star:
Aparece
Aparições Segunda Temporada: 20/20
This Guilty Blood:
Aparece
A Door Into the Dark:
Aparece
Parabatai Lost:
Aparece
Day of Wrath:
Aparece
Dust and Shadows:
Aparece
Iron Sisters:
Aparece
How Art Thous Fallen:
Aparece
Love is the Devil
Aparece
Bound by Blood:
Aparece
By the Light of Dawn:
Aparece
Mea Maxima Culpa:
Aparece
You Are Not Your Own:
Aparece
Those of Demon Blood:
Aparece
The Fair Folk:
Aparece
A Problem of Memory:
Aparece
Day of Atonement:
Aparece
A Dark Reflection:
Aparece
Awake, Arise, or...:
Aparece
Hail and Farewell:
Aparece
Beside Still Water:
Aparece

Galeria

Veja mais aqui

Bastidores

  • Ela é interpretada por Katherine McNamara em Shadowhunters: The Mortal Instruments . Uma Clary mais jovem é interpretada por Sophia Wells.
  • Diferenças do livro:
    • Clary é dois anos mais velha na série.
    • Nos romances, ela é considerada como uma garota "não convencionalmente atraente", mas na série ela é objetivamente atraente. (Nos livros, ela afirma não ter Forma - curvas, e assim por diante - e considera que esta é uma característica atraente, ela também faz referência ao fato de que nenhum garoto na escola nunca gostou dela)

Referências

Esta página utiliza conteúdo de um artigo da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória