FANDOM



Cidade dos Ossos é o primeiro livro da série Os Instrumentos Mortais escrita por Cassandra Clare.

Descrição

Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Mais sinopses sob o corte.

Clary Fray, 15 anos, decide passar a noite em uma boate da moda em Nova York, e o maior de seus problemas provavelmente seria lidar com o truculento segurança da porta, certo? Errado. Clary testemunha um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por enigmáticas tatuagens, brandindo armas esquisitas. Para completar, o corpo da vítima desaparece no ar.

Clary quer ligar para a polícia; quer gritar; quer chamar seu amigo, Simon, que ficou na boate enquanto ela teve a infeliz ideia de perseguir o menino bonito de cabelo azul... Mas como explicar a eles que ninguém mais na rua enxerga os assassinos, apenas ela? Como provar que houve um crime se não há rastro algum do sangue do garoto morto — aliás, era mesmo um menino?

Mas ela nem tem tempo de tomar uma decisão; logo os assassinos se apresentam para a estranha mundana que não deveria vê-los, mas vê. Jace, Alec e Isabelle são Caçadores de Sombras, guerreiros cuja missão é proteger o mundo que conhecemos de demônios e outras criaturas. Vampiros que saem da linha, lobisomens descontrolados, monstros cheio de venenos? É por aí mesmo. E depois desse primeiro contato com o Mundo das Sombras, e com Jace — um Caçador que tem a aparência de um anjo, mas a língua tão afiada quanto Lúcifer —, a vida de Clary nunca mais será a mesma. Mesmo.

Sombrio, engraçado e sexy, Cidade dos Ossos é o primeiro volume da série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare, que frequentou a lista do New York Times por várias semanas.

Enredo

SPOILERS ABAIXO!

Parte Um, Declínio Sombrio

Clary e Simon saíram em um domingo a noite e resolveram entrar no Pandemônio, um clube para todas as idades que estava especialmente cheio naquela noite. Lá tinha um "menino" de cabelo azul que foi capaz de entrar no clube com glamour. Observando os seres humanos e mantendo os olhos abertos procurando uma refeição, ele vê Isabelle, uma menina de cabelos pretos em um vestido longo e branco, que, em seguida, se aproxima dele. Seduzido e faminto, ele a segue para uma dispensa, seguido de perto por trás por dois outros, sem que ele soubesse.

Clary, atraída por ele, o observou até o ponto em que ela percebeu o menino e Isabelle sendo seguidos por duas figuras armadas. Ela tenta dizer a Simon, que não pode vê-los, e sai atrás deles enquanto Simon chama alguns guardas.

Dentro da sala de dispensa, o "menino" logo se dá conta que aquela garota que ele seguiu não era uma garota humana comum. Logo ele é amarrado em um pilar e rodeado por três Caçadores de Sombras

Clary, a princípio, não vê nada. No entanto, momentos depois, como se tivesse se materializado do nada, ela os vê. Ela observa e escuta por um tempo, ouve eles chamarem o menino de demônio. Como eles estavam prestes a matá-lo, o demônio continuou insistindo que ele poderia dar a eles informações sobre Valentim. Ignorando-o, o garoto loiro, Jace, estava prestes a atingi-lo com sua arma quando Clary sai de seu esconderijo e surpreende eles, e argumenta por um tempo, tempo suficiente para dar tempo ao demônio para se soltar de Jace e atacá-lo. Então, Isabelle] e Alec ajudam Jace a matar o demônio, que fica cada vez menor, até desaparecer totalmente. Isabelle, em seguida, ameaça Clary, mas Jace, insiste em deixá-la ir.

No momento em que Simon chega com os guardas, Clary percebe que ninguém, exceto ela, pode ver os Caçadores de Sombras, então ela pede desculpas pelo erro. Simon e Clary o clube e voltam para casa.

Depois de chegar em casa tarde do Pandemônio, Clary é repreendido por sua mãe preocupada, Jocelyn. No dia seguinte, sua mãe e seu amigo da família, Luke, disseram a ela que eles saíriam de férias para a casa da fazenda no interior de Nova York pelo resto do verão. Clary fica chateada, já tendo criado vários planos de verão, como as festas de volta às aulas com Simon, reuniões com seu grupo de arte e aulas de arte na Tisch School of Arts que ela tinha guardado para todo o ano. Ela insiste em ficar e apenas trabalhar para o verão, mas Jocelyn estava decidida e diz que ela irá com eles. Lucas também tinha fica aborrecido de repente, anunciando sua saída, mas Jocelyn vai atrás dele e discute com ele sobre Clary. Clary ouve pedaços da conversa como, por exemplo, que Jocelyn não pode entrar em contato com Bane que está na Tanzânia e que Luke diz que não pode continuar indo até ele. Quando Simon chega, Luke sai e Clary corre para fora com Simon.

Na saída do seu edifício de arenito, eles encontram um homem alto com olhos de gato que havia acabado de chegar do apartamento de Madame Dorothea. O homem sorriu para Clary, deixando-a tonta por algum motivo e se esqueceram dele, pensando que ela simplesmente havia imaginado o gato de Dorothea.

Simon leva Clary para o Nacho Mama, um bairro misto mexicano, para comer algo, antes de ir para o Java Jones como eles tinham planejado anteriormente. Enquanto estavam lá, eles falaram sobre a mãe de Clary, percebendo que ela mal sabia sobre seu passado e o restate dos parentes de Clary. Simon menciona então cicatrizes por todo o corpo de Jocelyn, que, de acordo com Clary, ela nunca tinha notado antes. Clary logo recebe ligações consistentes de Jocelyn através de seu celular, que ela ignora, não querendo entrar em mais nenhuma briga com ela.

Eles vão para o Java Jones para a leitura de poesia de Eric. Uma vez lá, Simon vai pegar café para eles e Clary procura por um assento, quando uma menina loira questiona ela sobre Simon. Quando Simon retorna, ela estava relutante em contar a ele sobre a garota, mas o faz de qualquer maneira. Eles são interrompidos quando Eric começa a ler seu poema horrível. Ela também é incapaz de proceder quando Simon insiste em falar com ela sobre sua vida amorosa. Quando Clary sugere Jaida Jones, Simon diz que ela gosta de outra pessoa, e Clary, lembrando a questão da menina loura de mais cedo, pergunta se ele é gay, que, ao que parece, ele não é. Ela é então distraído por uma risada atrás deles, e se vira para perceber que Jace, o menino loiro de ontem à noite, foi observá-los. O menino sai e Clary o segue, deixando Simon que ainda não podia ver o menino.

Quando Clary confronta Jace, ele começa dizendo-lhe coisas sobre o sobrenatural que ela não entende, dizendo que ela pode não ser tão comum como ela pensa que é. Ele então olha para a "Marcas" em suas mãos, explicando que elas são runas queimadas em sua pele. Ele diz que a maioria das crianças Caçadores de Sombras são Marcados com uma runa permanente para habilidades de arma em suas mãos escrita quando eles ainda são jovens. Ele mostra-lhe as costas da mão esquerda e, apesar de não vê-la no início, eventualmente, vê a Marca semelhante a uma tatuagem de um olho, depois de seguir suas instruções sobre relaxamento.

Ele então diz a ela para ir com ele para o Instituto como Hodge, seu tutor, havia o instruído. Eles são interrompidos por chamadas de sua mãe e, desta vez, Clary atende. A mãe dela soa frenética no telefone e lhe diz para não voltar para casa. Clary ouve barulhos e Jocelyn é capaz de instruí-la a ir para Simon por enquanto, e dizer a Luke que "ele a encontrou", e a ela "eu te amo", antes que o telefone ficasse mudo, não antes que ela ouvisse a calma estranha nas últimas palavras de sua mãe, e um duro ruído rastejante, seguido por um baque. Depois de tentar ligar para sua casa, ela cai e quebra o telefone e tenta levar o de Jace, o que acaba por ser um sensor. Jace tenta levá-la a explicar, mas, em pânico, ela o ataca e foge, correndo na direção de casa.

Ela encontra seu apartamento uma bagunça, suas coisas espalhadas e rasgadas e destruídas, Jocelyn longe de ser encontrada. De repente, um demônio Ravener ataca. Enquanto ela tenta fugir, o demônio bloqueia seu caminho até a porta. Para seu horror, Clary percebeu que os ruídos que o demônio estava fazendo eram palavras. Na primeira, ele estava falando sobre o desejo de comê-la, em seguida, saltando sobre ela, disse algo sobre Valentim não mencionar uma menina e que ele provavelmente não se importaria. Então, segurando o Sensor que ela tirou de Jace, congestiona a Sensor entre os dentes do demônio, baba ácida do demônio derrama em sua pele.

O demônio recuou e engoliu o Sensor que começou a matá-lo. Ela se arrasta para longe e tenta correr, mas é atingida na parte de trás da cabeça dela pelo demônio Ravener meio morto, fazendo-a entrar em colapso. Quando ela recupera os sentidos, Jace estava escondendo-a na parte de trás do seu edifício de apartamentos dos policiais, alguns deles demônios, estacionados no meio-fio. Ele a leva de volta para o Instituto com ele para curá-la do veneno de Ravener em suas veias. Antes de ir embora, ele usa sua estela para marcá-la com uma runa de glamour para escondê-la temporariamente.

Clary desperta três dias depois no Instituto de Nova York, após sonhos e pesadelos constantes. Uma vez acordada, Isabelle diz a ela sobre o que aconteceu nos últimos dias e até diz a ela sobre os pais de Jace. Ela se limpa e vai para fora esperando ver Isabelle, apenas para encontrar Jace tocando o piano de cauda que eventualmente a leva para Hodge.

Parte Dois, Fácil é o descenso

Depois que o Irmão Jeremiah visitou o Instituto para examinar o bloqueio mental colocado em Clary, ele pede para Clary para voltar à Cidade dos Ossos com ele para ter o bloqueio removido. Após a chegada, Clary está confusa com o que a Cidade dos Ossos seria, mas Jace rapidamente confirma que é um cemitério em massa e a sede dos Irmãos do Silêncio.


Parte Três, O descenso acena

Capítulos

Parte Um: Declínio Sombrio

  1. Pandemônio
  2. Segredos e Mentiras
  3. Caçador de Sombras
  4. Ravener
  5. Clave e Pacto
  6. Renegados
  7. A Porta de Cinco Dimensões
  8. Arma de Escolha
  9. O Ciclo e a Irmandade

Parte Dois: Fácil é o descenso

  1. Cidade dos Ossos
  2. Magnus Bane
  3. A Festa de um Morto
  1. Lembranças Brancas
  2. O Hotel Dumort
  3. Desamparados
  4. Anjos Cadentes
  5. A Flor da Meia-Noite
  6. O Cálice Mortal
  7. Abbadon
  8. No Beco do Rato

Parte Três: O descenso acena

  1. O Conto do Lobisomem
  2. A Ruína de Renwick
  3. Valentim

Epílogo

Personagens

Caçadores de Sombras

  • Clary Fray - a principal protagonista da série, Clary é uma Caçadora de Sombras que cresceu no universo mundano.
  • Jace Wayland - Um dos Caçadores de Sombras mais talentosos de sua geração, Jace é um órfão que testemunhou a morte de seu pai.
  • Alec Lightwood - o Lightwood mais velho e parabatai de Jace, Alec é muito protetor com sua família e encontra-se não confiando em Clary, por quem Jace é inexplicavelmente atraído.
  • Isabelle Lightwood - a bela irmã mais nova de Alec, Isabelle é uma Caçadora de Sombras forte e feroz, bem como uma filha rebelde.
  • Valentim Morgenstern - o líder notório do Ciclo, que acreditava-se estar morto há mais de uma década.
  • Jocelyn Fray - a mãe de Clary que desaparece, sequestrada por Valentim.
  • Hodge Starkweather - o tutor do Instituto de Nova York, condenado a ser eternamente incapaz de deixar o terreno do Instituto devido a sua traição passada.

Mundanos

  • Simon Lewis - o melhor amigo geek mundano de Clary, que inevitavelmente se junta a Clary e os Caçadores de Sombras por causa de seus sentimentos por ela.
  • Madame Dorothea - uma sábia em bruxaria que viveu no mesmo edifício que as Frays por anos.

Seres do Submundo

mais...

Galeria

Capas

Arte

Conteúdo especial

COB cover, repackaged
COB cover, 10yspecial
  • Edição dos EUA/Canadá em paperback repaginada: A versão repaginada e atualizada dos livros em paperback, lançada dia 1 de Setembro de 2015, inclui correções e mudanças mínimas, um mapa da Nova York dos Caçadores de Sombras e um conteúdo exclusivo escrito por Cassandra Clare,[1][2][3] Incluindo um novo prefácio e a história extra Quando Chega a Meia-Noite.
  • Edição repaginada limitada em capa dura: Cidade dos Ossos com capa dura com as novas capas (normalmente, de Setembro, as edições repaginadas são somente em paperback enquanto as edições em capa dura serão impressas com os designs originais; essa será uma edição especial limitada) que também irá conter os mapas dos livros em paperback repaginados, um poster de Clary feito por Alexander Tain, e um extra: o início do livro reescrito do ponto de vista de Jace, chamado de "Acordado".[4][5]
  • Edição Especial de 10 Anos de Aniversário: Uma edição especial será lançada em 7 de novembro de 2017 para comemorar o aniversário de 10 anos do livro desde seu primeiro lançamento. Apresentará nova capa, bordas douradas, mais de trinta ilustrações em seu interior, seis novos retratos a cores de personagens, quatro histórias bônus que já apareceram em distribuição limitada, uma nova peça escrita por Cassandra Clare,[6] e conterá os "arquivos da Clave" de Jace, Clary, Alec, Isabelle, Raphael, Magnus e Church, que também especificará seus aniversários,[7] suas cicatrizes e Marcas, e a análise da Clave de suas personalidades.[8]

Adaptação para os cinemas

A adaptação para filme do livro, Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos, foi lançado em 21 de agosto de 2013. Lily Collins e Jamie Campbell Bower estrelaram como Clary Fray e Jace Wayland, respectivamente, e o filme foi dirigido por Harald Zwart. O filme era definido para ser o primeiro de pelo menos uma trilogia; a pobre recepção, entretanto, levou ao cancelamento de futuros planos e a eventual mudança para a criação de uma série de TV.

Curiosidades

  • A capa original (agora encadernada) apresenta Jace Wayland, a linha do horizonte da Cidade de Nova York e as sepulturas encontradas na Cidade do Silêncio. A capa repaginada (paperback) também apresenta Jace (com o modelo sendo o mesmo da capa original de Cidade das Almas Perdidas), dessa vez de joelhos alcançando a carta de tarô do Cálice Mortal no chão, utilizando seu anel da família Morgenstern em uma mão e uma espada na outra, e a runa Enkeli atrás dele.
  • O Jace na capa original era na verdade duas pessoas editadas e colocadas juntas como uma só.[9]
  • O título se refere a Cidade do Silêncio, que algumas vezes é referida como Cidade dos Ossos.
  • O livro contado com diferentes pontos de vista, nomeadamente de: Clary e Jace, brevemente com o de Lambert e o de Luke.
  • Cassandra Clare possui uma boa amizade com a autora Holly Black. Ambas têm referências em obras umas das outras em seus próprios livros.
    • Stepping Razor, uma banda que Clary estava escutando em seu quarto, é o nome da banda de Ellen Fierch no livro de Holly Black, Thite: Fadas Ousadas e Modernas. (capítulo 2, Segredos e Mentiras)
    • Val e Luis, personagens de Valiant, são vistos por Clary durante um passeio de carruagem no caminho para a Cidade do Silêncio. (capítulo 10, Cidade dos Ossos)

Referências

Crônicas dos Caçadores de Sombras de Cassandra Clare
Os Instrumentos Mortais
Cidade dos Ossos Cidade das Cinzas Cidade de Vidro
Cidade dos Anjos Caídos Cidade das Almas Perdidas Cidade do Fogo Celestial
As Peças Infernais Os Artifícios das Trevas
Anjo Mecânico Dama da Meia-Noite
Príncipe Mecânico Senhor das Sombras
Princesa Mecânica Rainha do Ar e da Escuridão
As Últimas Horas As Primeiras Maldições
Corrente de Ouro Os Pergaminhos Vermelhos da Magia
Corrente de Ferro O Livro Branco Perdido
Corrente de Espinhos O Volume Negro dos Mortos
As Crônicas de Bane Contos da Academia dos Caçadores de Sombras
O Que Realmente Aconteceu No Peru Bem-Vindo à Academia dos Caçadores de Sombras
A Rainha Fugitiva O Herondale Perdido
Vampiros, Bolinhos e Edmund Herondale O Demônio de Whitechapel
O Herdeiro da Meia-Noite Nada Além de Sombras
Ascensão do Hotel Dumort O Mal Que Amamos
Salvando Raphael Santiago Reis e Príncipes Pálidos
A Queda do Hotel Dumort Língua Afiada
O Que Comprar Para o Caçador de Sombras Que Já Tem Tudo O Teste de Fogo
A Última Batalha do Instituto de Nova York Nascido Para a Noite Sem Fim
Os Rumos do Amor Verdadeiro (E Os Primeiros Encontros) Anjos Que Caem Duas Vezes
Próximos
Graphic novels de Os Instrumentos Mortais
Fantasmas do Mercado das Sombras: Uma Antologia de Contos
Os Poderes Perversos
Livros Complementares
O Códex dos Caçadores de Sombras
Uma História de Notáveis Caçadores de Sombras e Seres do Submundo
The Official Mortal Instruments Coloring Book
Adaptações
City of Bones: The Graphic Novel
As Peças Infernais (Mangá)
Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos
Shadowhunters: The Mortal Instruments
Esta página utiliza conteúdo de um artigo da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.