FANDOM


Barbara Lightwood (nascida Pangborn) foi a esposa de Benedict Lightwood, e mãe de Gideon, Gabriel e Tatiana Lightwood.

História

Em um determinado momento, Barbara contraiu Varíola Demoníaca de seu marido, Benedict. Horrorizada e apavorada, ela cometeu suicídio, cortando seus pulsos, em 1863. Para encobrir a real causa de seu suicídio, Benedict disse a todos que ela morrera pelo luto após o suicídio de seu próprio irmão, Silas, mas a chave para a verdade permaneceu na causa de sua morte na Cidade do Silêncio.

Apesar de ter morrido enquanto seus filhos ainda eram jovens, seu mais velho, Gideon, que tinha cinco anos na época, sentiu sua falta e ansiava por ela. Gabriel, por outro lado, mal se lembrava dela, entretanto, isso não o impediu de acreditar na história de seu pai e, particularmente, de culpar a Família Fairchild, particularmente Granville Fairchild, um bom amigo de Silas, que foi acusado por Benedict de ser um dos que indiretamente levaram ao suicídio de Silas, e, consequentemente, à morte de Barbara.

Gideon nunca acreditou ou compreendeu completamente a história de Benedict. Portanto, quando Jem Carstairs descobriu, em 1878, que Barbara morreu com uma cicatriz em forma de escudo em seu ombro esquerdo, um fato que estava no relatório de sua morte na Cidade do Silêncio, Gideon estava muito mais aberto a acreditar na verdade do que seus irmãos mais novos. A verdade tornou-se, desde então, de conhecimento público, particularmente após o próprio falecimento de Benedict.

Curiosidades

  • Sua neta, filha de Gideon, Barbara Lightwood, foi, presumidamente, batizada em sua memória.

Aparições

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.