FANDOM


TID spine background, repackaged
Cuidado, Nephilim. Como destroem outros, também serão destruídos. Seu anjo não pode protegê-los contra aquilo que nem Deus nem o Diabo fizeram, um exército que não nasceu nem dos céus, nem do Inferno. Cuidado com a mão do homem. Cuidado.

–Autômatos, Anjo Mecânico

Autômatos são criaturas mecânicas criadas para moverem-se e parecerem-se com seres humanos. Eles foram usados pelo Magistrado para formar um exército mecânico que destruiria os Caçadores de Sombras.

História

Concepção

O conceito destes autômatos é baseado na ideia sugerida pela primeira vez por Leonardo da Vinci. No século XIX, o feiticeiro John Shade e, muito depois, seu filho adotivo mundano Axel Mortmain expuseram esta ideia e dedicaram décadas à pesquisa e experimentação necessários para ter autômatos perfeitos. Separadamente, eles foram capazes de criar verdadeiros autômatos bioquímicos que se moviam e direcionavam por conta própria, e feitos de equipamentos mecânicos inseridos em carne humana, retirada dos corpos de suas vítimas assassinadas.

Ataque ao Enclave

Em 1878, Mortmain havia aperfeiçoado seus autômatos básicos, e possuía vários servindo a ele e à sua causa; ele supria até mesmo seus subordinados, incluindo as Irmãs Sombrias e Benedict Lightwood, com autômatos.

As Irmãs mantiveram dois Autômatos em sua casa: sua empregada, Miranda, e o cocheiro, ambos os quais Tessa Gray conheceu durante sua estadia ali. Devido à maneira particular com que seus olhos protuberavam, Tessa deduziu que fossem parentes. O porão da casa também servia como meio de armazenagem e produção para alguns dos autômatos - especificamente, algumas das partes (mecânicas e biológicas) eram estocadas ali. Miranda foi, em um determinado ponto, destruída, quando Tessa a atacou, e foi mais tarde encontrada por Will Herondale e Jem Carstairs mal funcionando. Ela foi levada para o Instituto de Londres e aberta por Henry Branwell para estudá-la.

As criaturas mecânicas mais tarde tentaram levar Tessa cativa novamente, enquanto ela estava na Ponte Blackfriars com Jem sob ordens de Mortmain. Um deles atacou Jem brutalmente por causa de seu sangue, a ser usado mais tarde para ganhar acesso ao Instituto.[1]

Quando Will, Tessa e Jem estavam em York visitando o Instituto de York e pesquisando o passado de Mortmain, foram atacados por três autômatos enquanto viajavam para investigar a Mansão Ravenscar.

Durante uma batalha em uma casa de chá, Tessa transformou-se em seu irmão, Nate, para que pudesse controlar um imenso autômato, que só obedecia à voz de seu irmão. Will arremessou uma das invenções de Henry nele, o que fez com que entrasse em curto-circuito e explodisse.[2]

Demonização

Alguns autômatos saíram da segunda carruagem dos Irmãos do Silêncio quando ela entrava pelos portões do Instituto de Londres, quando os Irmãos do Silêncio retornavam Jessamine Lovelace para lá.

Mortmain criou um autômato com a cabeça da Sra. Black anexada a ele para capturar Tessa, apesar de depois destruí-lo em uma tentativa de ganhar as boas graças de Tessa.

Mortmain usou um feitiço criado por seu pai para capturar almas de demônios em Pyxis e aprisioná-las nos autômatos, o que testou enviando-os para atacar um vilarejo humano. Ele mais tarde os mandou a Londres para atacar os Caçadores de Sombras durante uma reunião do Conselho. Esses novos modelos de autômatos haviam sido aprimorados com mágica e energias demoníacas. Com essas melhorias, os autômatos se tornaram invencíveis para Armas com Runas e Lâminas Serafim dos caçadores de sombras.

Os Nephilim do Instituto de Londres lutaram contra os autômatos em Cadair Idris, onde muitos deles foram destruídos com uma das invenções de Henry, que funcionava de forma similar às pyxis.

Um autômato, animado pela força vital do demônio Armaros, sequestrou Tessa da luta com os autômatos no covil de Mortmain, e segurou-a cativa na frente dos Caçadores de Sombras. Entretanto, antes que ele pudesse levá-la até Mortmain, Tessa transformou-se no anjo Ithuriel. Tessa/Ithuriel matou Mortmain, o que resultou na destruição dos autômatos.[3]

Descrição

À maior parte dos autômatos criados por Mortmain faltavam órgãos e outras partes do corpo, tais como ossos, cartilagem e cabelo; a outros faltavam até mesmo expressões faciais. Mas enquanto autômatos comuns não teriam normalmente criatividade ou imaginação, à parte daquelas que fossem-lhes programadas para ter, os modelos recentes que o Magistrado criou eram animados por energia demoníaca, dando-lhes uma parcela de pensamento e vontade; os demônios cujas energias haviam sido usadas foram atados e escravizados por seu criador em troca por seus novos corpos de autômatos.

Curiosidades

  • Os autômatos foram o principal tema de conflito e o tópico principal de As Peças Infernais.

Referências

  1. Anjo Mecânico
  2. Príncipe Mecânico
  3. Princesa Mecânica

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória